assembleia unificiada

Notícias
Publicado em Quarta, 03 Julho 2013 16:19
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

A Abraji contabilizou 14 ataques a veículos e edifícios de empresas jornalísticas em nove cidades brasileiras desde o início dos protestos contra o aumento nas passagens do transporte urbano. Em São Paulo e no Rio de Janeiro, unidades móveis de transmissão ao vivo da TV Record e do SBT foram incendiados por manifestantes nos dias 18 e 20 de junho.

Faça aqui o download da tabela com os dados completos.

Em Goiânia, o dia 24 de junho foi especialmente violento para as empresas de comunicação: quatro veículos foram depredados (dois da TV Anhanguera, afiliada da rede Globo, um da TV Serra Dourada, afiliada do SBT, e um do jornal O Popular). A sede da TV Serra Dourada também foi apedrejada por manifestantes.

No total, 13 veículos foram danificados total ou parcialmente. Manifestantes ainda tentaram atacar a sede da RBS, em Porto Alegre, em duas ocasiões.

A Abraji repudia a hostilidade de manifestantes contra os meios de comunicação. Impedir ou dificultar o trabalho da imprensa é agir contra a democracia.

Publicado pela Abraji

Receber notícias

Nossa solidariedade e total apoio à jornalista @tetecruz pelas perseguições que vem sofrendo. Perfis de extrema-dir… https://t.co/c3CfvVGBWC
A venda da @CEBDistribuicao tem data marcada já: 4/12. A conta aumentou em Goiás. Apagões podem acontecer, como no… https://t.co/nwRzIgAVui

Acesse o Site