campanha sindicalizacao 2021

Notícias
Publicado em Segunda, 28 Novembro 2016 21:08
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

Trabalhadores de todas as praças da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) voltaram a se reunir em assembleia nesta segunda-feira, 28/11. Os empregados decidiram suspender a paralisação prevista para esta terça (29/11) e convocaram uma nova assembleia para sexta-feira, 2/12. O estado de greve, no entanto, foi mantido e novas possibilidades de um movimento paredista serão discutidas nas próximas assembleias.

A anulação da paralisação ocorreu porque os trabalhadores decidiram aguardar a apresentação de contraproposta de Acordo Coletivo de Trabalho da direção da EBC. Após cobrança dos sindicatos, a apresentação do documento pela empresa foi determinada pelo ministro Emmanoel Pereira durante audiência do Tribunal Superior do Trabalho (TST) realizada no dia 22/11.

A empresa garantiu aos empregados que irá apresentar uma nova proposta garantindo 65 das 75 cláusulas do ACT atual. Anteriormente, a direção da EBC elaborou documento apresentado ao TST com a previsão da eliminação de 39 cláusulas do Acordo (veja mais aqui).

Na assembleia, os trabalhadores debateram que a questão não é numérica, mas de manutenção de direitos. “Tão importante quanto a existência das cláusulas é qual o conteúdo delas. Então se elas estiverem redação com retirada de direitos e garantias não adianta muita coisa”, afirma Jonas Valente, diretor do SJPDF.

Audiência de medição no TST

A decisão de suspender a paralisação também foi determinada porque os empregados querem aguardar o resultado da nova audiência de mediação entre as partes a ser realizada pelo TST na próxima quarta-feira, 30/11.

Na ocasião, as entidades representativas irão defender seu posicionamento contrário à retirada de direitos dos empregados. A garantia da reposição inflacionária também será outro ponto defendido pelos sindicatos na audiência.

Audiências Públicas

Nesta semana, o Senado Federal realizará mais duas audiências publicação para discutir a MP-744/2016, que altera a lei de criação da empresa (confira mais aqui).

 

Receber notícias

RT @JornalistasSP: Jornalistas da capital conquistaram o reajuste pela inflação após 6 meses de negociação. Em assembleia com mais de 300 p…
Importantíssima vitória dos movimentos de comunicação do Distrito Federal! https://t.co/McaZQgdH3k

Acesse o Site