PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

As inscrições para o V Seminário Unificado de Imprensa Sindical e para o III Encontro Nacional de Jornalistas Sindicais foram prorrogadas até 6 de setembro. As inscrições podem ser feitas aqui: https://goo.gl/cEfTYm. O Seminário já conta com 20 palestrantes confirmados (veja na programação), entre pesquisadores, docentes, representantes de movimentos sociais e sindicais, jornalistas e especialistas renomados que atuam nas áreas de comunicação sindical e alternativa. Os eventos são indicados para dirigentes sindicais, jornalistas e comunicadores e também estudantes de jornalismo.

Intitulado “Desafios da comunicação sindical na luta contra as reformas e os ataques à classe trabalhadora”, o Seminário tem se consolidado como referência no debate da comunicação alternativa, que se tornou uma opção concreta de combate ao monopólio midiático e espaço para dar voz às pautas dos trabalhadores.

Já o Encontro Nacional de Jornalistas Sindicais é um evento com estrutura específica que se propõe a discutir questões relacionadas aos direitos dos jornalistas, com foco nos problemas enfrentados pelos profissionais que atuam na imprensa sindical, bem como abre espaço para troca de experiência entre esses profissionais e para apresentação de produtos desenvolvidos por eles nas suas respectivas entidades sindicais.  

Segundo Renata Maffezoli, coordenadora-geral do SJPDF, este ano a participação dos jornalistas sindicais é ainda mais importante. “Estamos presenciando um cenário de profundo ataques aos nossos direitos enquanto trabalhadores e, ainda, de intensificação da criminalização dos movimentos sindicais e sociais. Por isso, é fundamental ampliarmos o debate sobre a conjuntura e como enfrentá-la e a importância do papel do jornalista sindical nesse embate. Só com uma imprensa sindical fortalecida conseguiremos fazer a disputa hegemônica e o contraponto necessário para informar os trabalhadores e contribuir para mobilizá-los em defesa de seus direitos”, aponta Maffezoli.

Programação

Dia 14

08h00 – Credenciamento

09h00 – Saudação da Organização

09h15 – Mesa de abertura: As reformas e os desafios à classe trabalhadora

  • Plínio de Arruda Sampaio Júnior (Doutor em Economia Aplicada, livre-docente do Instituto de Economia da Unicamp)
  • Marcelo Badaró (Doutor em História Social pela Universidade Federal Fluminense, professor de História do Brasil da UFF)
  • Edson Cardoso (Doutor em Educação pela USP, jornalista e professor)

12h – Almoço

13h30 – A Conjuntura e a organização dos movimentos sindicais

  • CUT
  • CSP-Conlutas
  • Intersindical
  • CTB

15h50 – Intervalo

16h – Imprensa sindical e alternativa X Imprensa hegemônica: a disputa de narrativa nas reformas

  • Claudia Costa (jornalista da CSP-Conlutas)
  • Samuel Lima (Docente e pesquisador do curso de Jornalismo da UFSC)
  • Maria Teresa Cruz (jornalista da Ponte Jornalismo)

18h – Coffee Break

18h30 – Comunicação sindical nos meios digitais – As redes sociais: desafios e estratégias

  • Jonas Valente (jornalista da EBC, diretor do SJPDF e estudante de doutorado no PPG-SOL UNB com tese sobre redes sociais)
  • Kauê Scarin (midiativista e coordenador de mídias sociais do PSOL Nacional)
  • Dríade Aguiar (Mídia Ninja)

20h30 – Lançamento do livro “Crônica de uma Crise Anunciada – Crítica à economia política de Lula e Dilma”, de Plínio de Arruda Sampaio Júnior.

Dia 15
09h – O falso déficit da Previdência Social e a Dívida Pública

  • Maria Lucia Fattorelli (coordenadora da Auditoria Cidadã da Dívida)
  • Max Leno de Almeida (supervisor técnico do Dieese)

10h45 – Intervalo

11h – O recorte de Gênero e Raça das reformas e a imprensa sindical

  • Jolúzia Batista (socióloga e assessora do CFEMEA – Centro Feminista de Estudos e Assessoria)
  • Clarissa Peixoto (Jornalista Sindsprev SC e blog Catarinas)
  • Meire dos Reis (professora da Rede Estadual da Bahia)

13h00 – Almoço

14h30 – Criminalização dos movimentos sociais – A violência do Estado através da polícia

  • Vitor de Lima Guimarães (coordenação do MTST)
  • Representação da APIB
  • Leonor Costa (Jornalista PSol e do Sindjus e diretora do SJPDF)
  • Ricardo Velho – diretor do IF Catarinense de Abelardo Luz (SC)

16h30 – Coffee Break

17h – O papel do jornalista sindical na luta da classe trabalhadora

  • Claudia Santiago (coordenadora do NPC)
  • Gustavo Vidal (Jornalista do Sindijus-PR e diretor do Sindijor-PR)
  • Renata Maffezoli (Jornalista do ANDES-SN e diretora do SJPDF)

19h00 – Plenária Final

3º ENCONTRO NACIONAL DE JORNALISTAS SINDICAIS

Dia 16 
09h – A reforma trabalhista e os direitos dos jornalistas sindicais

Debate com o escritório de advocacia do SJPDF

10h30 – Segurança dos jornalistas sindicais nas manifestações

12h30 – Almoço

13h30 – Interação entre jornalistas

16h – Troca de Experiências – Apresentação de publicações sindical

17h – Encaminhamentos

Contato da Organização do V Seminário Unificado de Imprensa Sindical e do 3º Encontro Nacional de Jornalistas Sindicais:
SJPDF – (61) 3343-2251
email: O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. 

Levantamento da CPI do Senado coloca em xeque o argumento de déficit da Previdência. https://t.co/pd2X67ws2c https://t.co/FAWca2W9Rn
7hreplyretweetfavorite
Já pensou receber ofertas de chocolate toda vez que está triste? Não parece distante, não é? #SeusDadosSãoVocê
9hreplyretweetfavorite

Receber notícias

Acesse o Site