Notícias
Publicado em Quarta, 30 Agosto 2017 16:23
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

O Sindicato dos Jornalistas do DF, além de negociar todos os anos a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) da categoria e o Acordo Coletivo da Empresa Brasil de Comunicação, também é responsável por discutir e fechar o Acordo Coletivo da Blooomberg, instrumento que serve para complementar as regras previstas na CCT dos Jornalistas, com o intuito de implementar um controle de jornada mais simplificado.

O documento garante ao trabalhador a possibilidade de computar as horas trabalhadas via aplicativo ou por e-mail, sem precisar ir à redação para bater o ponto. O acordo também estabelece tolerância de 15 minutos à entrada e à saída dos funcionários. O instrumento prevê ainda o trabalho remoto, que é aquele realizado em casa durante a jornada normal de trabalho.

Outra flexibilização apresentada pelo acordo da Bloomberg é a possibilidade o auxílio creche ser estendido aos jornalistas do sexo masculino. A CCT dos jornalistas já prevê esta possibilidade, no entanto, desde que o pai tenha a guarda judicial do filho, comprove regime de guarda compartilhada, ou comprove obrigatoriedade do pagamento por ordem ou acordo judicial.

Segundo Wanderlei Pozzembom, coordenador-geral do SJPDF, os termos fechados com a Bloomberg demonstram um compromisso da empresa em garantir regras que têm relação direta com a realidade dos jornalistas, que muitas vezes atuam em outros locais que não nas redações.

 “Muitos profissionais, às vezes, ficam impossibilitados de registrar seus horários de entrada ou de saída por estarem em atividades externas. Então, eles não contam com uma estrutura adequada para registrar seus períodos trabalhados. Muitas vezes isso significa prejuízos ao trabalhador, que de repente depende, por exemplo, do seu chefe direito para computar suas horas executadas”, afirma Pozzembom.

Veja aqui o Acordo Coletivo da Bloomberg

 Saiba mais sobre a Bloomberg

A Bloomberg é uma empresa global de informações e notícias que atua em mais de 70 países em todo o mundo. Aqui no DF, a empresa conta com 11 jornalistas que se dedicam principalmente à cobertura política e econômica. A Bloomberg conta com um serviço de notícias que move mercados, com mais de 2.400 profissionais de notícias e multimídia que produzem mais de 5.000 matérias diárias, distribuídas por meio do serviço Bloomberg Professional, em Bloomberg.com e distribuídas para mais de 1.000 meios de comunicação em mais de 60 países.

Levantamento da CPI do Senado coloca em xeque o argumento de déficit da Previdência. https://t.co/pd2X67ws2c https://t.co/FAWca2W9Rn
7hreplyretweetfavorite
Já pensou receber ofertas de chocolate toda vez que está triste? Não parece distante, não é? #SeusDadosSãoVocê
9hreplyretweetfavorite

Receber notícias

Acesse o Site