PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

Já não bastasse a perseguição de trabalhadores e dirigentes sindicais, a nova gestão comandada pelo embaixador Alexandre Parola continua a descumprir o Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) e impedir a organização dos trabalhadores da Empresa Brasil de Comunicação.

De forma inexplicável, a empresa passou a negar a utilização dos espaços de videoconferência para a realização de atividades dos trabalhadores, coisa que nem o autoritarismo de Laerte Rimoli foi capaz. Com plenária marcada para está quinta-feira (28), as entidades solicitaram dentro do prazo previsto na cláusula 59º do ACT o uso dos espaços nas diversas praças, mas tiveram o pedido negado. Mesmo assim, a plenária está confirmada.

Essa atitude contradiz o discurso de posse do embaixador Parola que disse que seu lema a frente da empresa pública seria “diálogo e trabalho”. Inclusive as entidades aguardam há 20 dias retorno da direção para discutir as demandas dos trabalhadores, como PCR e ACT.

Mas essa atitude não irá impedir a plenária dos empregados. Convocamos a todos para a plenária na porta da empresa em Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo e Maranhão nesta quinta (28), às 13h.

Iremos debater o descumprimento do ACT, a regulamentação da GDAC e ações em defesa da comunicação pública e contra o desmonte da EBC.

Brasília - Portaria Sul do Venâncio (em frente ao SRTVS)
Rio de Janeiro - Em frente ao prédio da Gomes Freire
São Paulo - Entrada da EBC
Maranhão - A se confirmar

Realizado em parceria com a jornalista Polianna Franco, editora do jornal Ceilândia em Foco, evento é destinado a j… https://t.co/vbrLDDSBdR
Marielle Franco, assassinada há exatos 8 meses, sabia exatamente da importância da comunicação pública para o país.… https://t.co/tubeQQZgaG

Receber notícias

Acesse o Site