Notícias
Publicado em Segunda, 23 Julho 2018 11:12
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

A Diretoria do Clube da Imprensa e do Sindicato dos Jornalistas do DF receberam, de um grupo de empresários, uma proposta para arrendamento da área do Clube. As diretorias avaliaram a proposta como positiva, permitindo o cumprimento das demandas dos jornalistas em assembleia geral. Frente à proposta, a diretoria do Clube e do Sindicato convocam nova assembleia para discutir e aprovar o contrato na próxima quarta-feira (25), às 20h em primeira chamada e 20h30 em segunda.

A proposta prevê que a reconstrução do novo Clube da Imprensa de no mínimo 10.000 m² (25% da área edificante total) seja destinada ao clube. A novidade frente aos outros dois contratos já tentados pelas diretorias das entidades é que o custeio e operação de todo o Clube serão feitos pelos parceiros, permitindo o funcionamento pleno do espaço sem onerar o Sindicato.
 
O Clube da Imprensa receberá também, via Sindicato, uma remuneração sobre o empreendimento de no mínimo R$ 25.000,00, garantindo um percentual sobre a exploração comercial da área, começando com 3,5% do faturamento liquido do 37º ao 71º mês de contrato, e aumentando paulatinamente: 4,5% entre o 72º e 132º mês; 5,5% entre 133º e 192º mês; e 6% a partir do 193º mês de contrato da parceria.

A proposta de contrato é por 30 anos com a opção de renovação por 20 anos. Os parceiros terão uma carência de 36 meses, sendo que nos 12 primeiros não irão remunerar o Clube e entre o 13º e 36º mês pagarão um valor mensal de R$10.000,00 - além de assumir os custos do clube de água, luz e IPTU.

O espaço do Clube da Imprensa será gerido de forma compartilhada entre a diretoria do Clube/Sindicato e os parceiros no empreendimento, de forma a garantir o melhor acesso dos jornalistas ao Clube. Mas, desta forma, também será garantida a exploração comercial e o custeio do Clube, já que o Sindicato, mantenedor por décadas do local, vive um momento de fragilidade financeira devido a reforma trabalhista.

O novo Clube contará com piscinas, restaurantes, quadras, churrasqueiras, saunas, vestiários, salão de jogos, parque infantil, salão de festas e uma nova sede.

A proposta de parceria é dos empresários Luís Otávio Rocha Neves, Antônio César Coimbra de Castro e Wilson de Morais, que têm individualmente empresas de eventos, turismo, estrutura de shows e marinas.  Os empresários formalizarão uma Sociedade de Propósito Específico para a viabilizar a parceria.

Para Wanderlei Pozzembom, presidente do Clube e coordenador geral do SJPDF, a proposta atende as expectativas da categoria e permite que se restabeleça o Clube da Imprensa. “É o momento de enfim conseguirmos resolver a situação do nosso querido Clube, com recursos para sua manutenção ao longo dos tempos”, afirma.

Histórico da busca de soluções para o Clube

Desde 2010, as seguidas diretorias do SJPDF e do Clube da Imprensa vêm buscando solucionar os graves problemas financeiros do Clube, que consumiam cada vez mais recursos do Sindicato, seu mantenedor. As dívidas do Clube chegaram a mais de 800 mil reais.

Em 2011, foi realizado um plebiscito que autorizou a realização de um parceria para reconstrução e viabilização do Clube. Em 2012, ele foi fechado para o início das obras. Contudo, em novembro de 2013, o consórcio de empresários que celebrou o termo, comandado por Luiz Bezerra, da LB Valor, deixou de cumprir o contrato. Em 2014, após assembleia da categoria, foi decidido ajuizar uma ação de rescisão de contrato. Após tentativas de acordo em juízo, o processo ainda está em tramitação, mas não impede a realização de novos contratos.

Em 2016, a assembleia do Clube autorizou uma nova parceria, desta vez com a empresa JR Promoções. Mas, em fevereiro de 2017, a empresa não conseguiu atender as exigências legais para o registro e o cumprimento do contrato, e assim ocorreu um destrato amigável. Desde então, a diretoria do Clube e do Sindicato buscam uma nova parceria.

Agora ao vivo o Seminário "Jornalistas, liberdade de expressão e o futuro do país" https://t.co/PqSX5lYvtr
23hreplyretweetfavorite
O SJPDF pede serenidade à população e proteção aos jornalistas pelas forças de segurança. Foto: Marcelo Camargo/ABr https://t.co/NeKlIaHIUy

Receber notícias

Acesse o Site