bannertopsindicalizacao


PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

marcha mulheres

No dia 20 de outubro, sábado, as mulheres do Distrito Federal irão mais uma vez às ruas no ato "Mulheres Pela Verdade e Pela Justiça", em protesto às posições defendidas pelo candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro, após uma série de casos de notícias falsas, agressões, demonstrações de ódio e violência que representam um retrocesso para os direitos das mulheres e de toda a população brasileira. Os registros criminosos aumentam a cada dia.

O ato, que acontecerá simultaneamente em várias capitais do país, repudiará as mentiras, a manipulação de informação, os discursos de ódio, a onda fascista que se alastra, o racismo, o machismo, e a LGBTfobia disseminados pelo candidato e seus apoiadores.

A manifestação é uma sequência do movimento #EleNão, que no dia 29 de setembro levou centenas de milhares de pessoas às ruas de todo o país. Em Brasília, mais de 60 mil marcharam em defesa das liberdades democráticas.

Iniciado nas redes sociais, o movimento #EleNão reúne mais de três milhões de mulheres, organizadas para alertar a sociedade sobre os riscos de eleger candidaturas militares que propagam o ódio e a violência.

Em Brasília, a concentração para o ato está marcada para às 15 horas, no gramado de baixo da Rodoviária do Plano Piloto, (entre CNB e Conic). Às 16h, a manifestação partirá em cortejo para a Funarte. O ato está sendo organizado por diversas entidades, movimentos e coletivos de Mulheres do DF. 

A atividade conta com participação do Coletivo de Mulheres Jornalistas. Participe!

 


O @SJPDF repudia os ataques de Sérgio Moro à liberdade de expressão e de imprensa. Polícia Federal pediu ao Coaf um… https://t.co/vlACfN326n
A direção da emissora informou que irá fechar as portas no dia 30/6. Os Sindicatos notificaram a empresa solicitand… https://t.co/Gasu9TGFcj

Receber notícias

Acesse o Site