PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

Comunicação: requer compreensão, troca, processo horizontal, via de mão dupla. Se veio de cima, tal qual ordem do chefe, se não permite diálogo – é informação e não comunicação. Você tem liberdade para comunicar com seu público ou só para informar?

Para debater temas como esses o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal (SJPDF) e a jornalista Pollianna Franco realizarão a oficina “Comunicarte” que vai refletir sobre o “fazer jornalístico” atual. O evento será realizado no sábado, 1º de dezembro, e se destina a jornalistas e estudantes de comunicação.

O que você gostaria de ler quando abre um jornal, um site de notícias, ou como se sente depois de assistir ao noticiário?  

Brasília é formada por 31 regiões administrativas, muitas delas na periferia. Como expectadores, acompanhamos, diariamente, crimes e violências que lá ocorrem. Como comunicadores, estamos acostumados a fazer matérias nas “satélites”. Mas ainda temos dificuldade em abordar pessoas e lugares se não for para mostrar o avesso do social (miséria, tragédias, violência).

A oficina Comunicarte é um espaço de debate para possibilidades como: construir um jornalismo que parta do viés construtivo e humanizado, ampliando o olhar dado às pessoas, lugares, potencialidades e diversidades, que tenha espaço para evidenciar os exemplos positivos, a cultura local, os projetos que dão certo. Claro, retratando as problemáticas, noticiando, informando, mas sugerindo mudanças aos problemas apresentados.

Um jornalismo crítico, que se importa. Como profissionais formadores de opinião, essas atitudes acabam despertando na comunidade o senso crítico, o não conformismo, além do respeito e orgulho do seu local de vivências.

Na comunicação, o olhar do jornalista e a maneira como retrata as pessoas e histórias são os diferenciais para a prática de um jornalismo humanizado. E você, como está se comunicando com seu público?

A oficina “Comunicarte” aborda:
Jornalismo comunitário, popular e alternativo;
Humanização do discurso jornalístico;
Comunicação comunitária e transformação social;
Contra-agendamento - atuação mais ativa e crítica da sociedade como produtora e disseminadora de mensagens;
Veículos alternativos x mídia tradicional;
Jornalismo e fake news.

Local: Sede do SJPDF - SIG Quadra 2, Lotes 420/430/440 - Brasília DF, 70800-110 – Ed. City Offices
Inscrição: R$ 150,00 – Sindicalizados em dia têm desconto de 30% no valor das inscrições. Estudantes têm desconto de 50% mediante apresentação de carteira válida
Data: 01/12/18 – Sábado – de 09:00 às 17:00
Contato: (61) 3343-2251 (O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.); (61) 98332-6607 (Instrutora)
Emissão de certificado de participação (on line)

Nesta quinta, 13/12, completamos 50 anos do AI-5. Para marcar esta data, o Sindicato dos Jornalistas do DF realiza… https://t.co/i5SoJ5x7Ac
2hreplyretweetfavorite
A categoria irá protestar contra o descaso da direção da EBC, que desde 23/11 protela uma resposta sobre a contrapr… https://t.co/tuANqBYQxi
19hreplyretweetfavorite

Receber notícias

Acesse o Site