Em Destaque
Publicado em Terça, 10 Outubro 2017 14:56
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

A diretoria do Sindicato dos Jornalistas do DF publica nota em repúdio à agressão sofrida pelo jornalista Marcello Ribeiro, do jornal Valor Econômico. O caso ocoreu no último sábado, 7/10. O jornalista relata que foi agredido por um segurança do ex-presidente Lula enquanto realizava uma cobertura jornalística. Confira também a resposta da assessoria do ex-presidente.

Nota de Repúdio

O jornalista Marcello Ribeiro, do jornal Valor Econômico, relata agressão ocorrida no último sábado (7) por um segurança do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, enquanto tentava entrevistar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na garagem do San Marco Hotel, na saída de um evento do PT em Brasília. Marcello estava no exercício da profissão e devidamente identificado. Mesmo assim, o jornalista informa que o segurança foi truculento, xingou e empurrou o repórter, para proibir que ele fizesse perguntas. Segundo o segurança, Lula não queria responder. O jornalista gravou o áudio das agressões e solicitou as imagens do circuito interno de TV, mas o hotel não liberou o vídeo - solicitando que o jornalista retornasse no horário comercial.

Confira aqui o áudio gravado pelo jornalista

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal repudia esse e qualquer outro ato contra o exercício pleno da atividade profissional dos jornalistas e contra a liberdade de imprensa, um dos pilares da nossa frágil democracia. O SJPDF coloca seu departamento jurídico à disposição de Marcello, solicita agilidade na liberação das imagens do San Marco Hotel e exige rapidez das autoridades competentes na apuração das agressões.

Brasília/DF, 10 de outubro de 2017.

Diretoria Colegiada do SJPDF

 

Confira a nota da assessoria do ex-presidente Lula*

1) Assim que tomou conhecimento do ocorrido no subsolo do hotel San Marco, a assessoria do ex-presidente Lula entrou em contato com a chefia de redação do Valor Econômico em Brasília, com um pedido formal de desculpas.

 2)  A equipe do Gabinete de Segurança Institucional que faz a segurança do ex-presidente tem orientação expressa para tratar com civilidade e respeito todos os que dele se aproximam. 

 3) Também são orientados a reservar o contato com jornalistas à assessoria de imprensa, o que não ocorreu naquela ocasião e naquele local reservado à saída do ex-presidente.

 

*Atualizado com a resposta da assessoria no dia 13/10

DIAP lança cartilha com perguntas e respostas sobre a Reforma Trabalhista. https://t.co/zpmgKaXj7v https://t.co/1WeCBubmpB
3hreplyretweetfavorite
Já se inscreveu no curso sobre Lei de Acesso à Informação? https://t.co/h7VyYYGmHy https://t.co/cgbYabbLJ5
6hreplyretweetfavorite

Receber notícias

Acesse o Site