PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

Na terceira reunião de negociação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT), ocorrida nesta quarta (7/11), a direção da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) apresentou aos sindicatos e à Comissão de Empregados suas primeiras propostas de redução de direitos.

A EBC apresentou a proposta de exclusão da cláusula de complementação do auxílio previdenciário (25), aquela que permite a complementação do auxílio doença em até 120 dias pela empresa, o que já foi rejeitado pelos sindicatos. Ela também quer reduzir a cláusula (47) sobre o abono de faltas por acompanhamento de internações e consultas de familiares para o que é previsto na CLT, mas não apresentou uma nova redação.

A empresa ainda apresentou a proposta de extinção da cláusula de acúmulo e desvio de função (30), alegando ser desnecessária; de mudança das folgas após chegada de viagem de trabalho (45); e de redução da multa de descumprimento do ACT para R$ 100,00. Ela ainda disse que quer discutir a divisão de férias em até 3 períodos sem estabelecimento de um período mínimo como prevê a proposta dos trabalhadores.

Também foram discutidas as cláusulas em que os trabalhadores apresentaram propostas de alteração, mas que a empresa mantém a redação atual do ACT. São elas as cláusulas de vigência (1); abrangência (2); gratificação de função (8); adicional de hora extra (9); adicional noturno (11); adicional de área especial (14); transporte (20); assistência médica (22); homologações (28); acompanhamento de desenvolvimento do filho (40); Cipa (53); e acesso sindical (59).

As negociações continuam nessa sexta (9) e na próxima quarta (14) a EBC apresentará as propostas financeiras. Os Sindicatos vão agendar uma nova assembleia após a apresentação de toda a pauta pela empresa.

Realizado em parceria com a jornalista Polianna Franco, editora do jornal Ceilândia em Foco, evento é destinado a j… https://t.co/vbrLDDSBdR
Marielle Franco, assassinada há exatos 8 meses, sabia exatamente da importância da comunicação pública para o país.… https://t.co/tubeQQZgaG

Receber notícias

Acesse o Site