assembleia unificiada

PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

arthur-lira-primeiro-dia-750x430

Os jornalistas que trabalham na Câmara dos Deputados foram surpreendidos, nos últimos dias, com decisões e iniciativas que afetam diretamente sua rotina e condições de trabalho e motivam preocupações sobre os riscos à saúde a que estarão expostos com a nova onda de contaminação pela Covid-19.

Entrevistas coletivas e "quebra-queixos" presenciais se intensificaram desde o início do ano legislativo e durante a eleição das novas mesas diretoras da Câmara e do Senado. Nesse contexto, o presidente da Câmara, deputado Arthur Lira (PP-AL) sinalizou com a retomada do trabalho presencial na Casa. Além disso, anunciou a decisão de transferir o Comitê de Imprensa da atual localização histórica, possivelmente para o subsolo do prédio, e iniciar obras para instalar, nesse espaço, o gabinete da Presidência.

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal (SJPDF) manifesta extrema preocupação com o risco de excessiva exposição dos colegas a situações de aglomeração, tendo em conta inclusive o aumento do registro de casos de Covid-19 no ambiente do Congresso Nacional. Tal situação tende a se acelerar com o retorno das atividades presenciais em ambas as Casas Legislativas e a consequente presença cotidiana de números crescentes de pessoas no ambiente.

Nesse quadro, o SJPDF se dirige, em primeiro lugar, aos presidentes da Câmara e do Senado Federal para que respeitem o atual quadro de pandemia e suspendam o retorno das atividades presenciais no parlamento. É fundamental que seja mantida a transmissão on-line de entrevistas e outros eventos, em atenção aos colegas que seguem em trabalho remoto, evitando as aglomerações e garantindo a segurança sanitária para jornalistas e demais trabalhadores no Congresso Nacional.

De igual maneira, frisamos que a transferência do Comitê de Imprensa não deve ser realizada. O atual local onde, há décadas, trabalham dezenas de setoristas da Câmara dos Deputados permite uma ampla atuação dos trabalhadores da imprensa, garantindo a cobertura de qualidade esperada pela sociedade. Uma mudança repentina dificulta excessivamente o exercício do jornalismo, afetando profundamente o direito da população brasileira à informação, plural e com qualidade.

O respeito à imprensa, na figura dos profissionais que a representam, é a medida do respeito pela sociedade brasileira e essencial para que a Câmara dos Deputados de fato represente seus eleitores e garanta os pilares da democracia, especialmente em plena pandemia e ascensão do autoritarismo no país.

O SJPDF já oficiou as presidências das Casas Legislativas para cobrar pela manutenção do Comitê em sua atual localização e ainda que, junto com as empresas, garantam que os profissionais da imprensa possam exercer seus trabalhos em segurança, com respeito e com qualidade. E irá alertar os órgãos de vigilância sanitária e Ministério Público do Trabalho para que fiscalizem as condições às quais os trabalhadores estão expostos.

* Foto: Michel Jesus / Câmara dos Deputados

Receber notícias

Trabalhadores da EBC mantêm estado de greve e divulgam carta pública https://t.co/xxAFxxzXJY https://t.co/JEN76wA0ly
Nota de pesar pelo falecimento Luis Humberto Pereira: Foto: Zuleika Souza https://t.co/cNSXDZGH8i https://t.co/dfQF4M5OCI

Acesse o Site