Extra!
Publicado em Quinta, 25 Agosto 2022 20:11
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

Em julho deste ano, o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal completou 60 anos de luta em defesa da categoria e da democracia. Para marcar a data, a diretoria da entidade vem realizando uma série de atividades como cursos, debates, exposições.

debate.jpg

Na última sexta-feira (19), aconteceu a celebração oficial das seis décadas do SJPDF, com a presença da categoria, de ex-presidentes, funcionários e parceiros da entidade.

“Celebrar os 60 anos do sindicato é também se inspirar nessa caminhada coletiva para pensar em como enfrentar os desafios do presente e do futuro”, destaca a coordenadora-geral do SJPDF, Juliana Cézar Nunes. “É fundamental que a categoria se mantenha unida e em diálogo. Os ataques aos nossos direitos e ao livre exercício da nossa profissão são diários e de todos os lados.

Homenagens
A noite teve início com uma série de homenagens. Representando os trabalhadores e as trabalhadoras que contribuíram e ainda contribuem para a atuação e manutenção do sindicato, a diretoria entregou diplomas de agradecimento a César Marra, tesoureiro, e a Jenneffer Messias, secretária.

funcionarios

Pelas contribuições à luta sindical e à história da entidade, diplomas também foram entregues aos ex-presidentes Hélio Doyle, Chico Sant'Anna e Lincoln Macário.

"Foi um gesto simples, mas a forma que encontramos para honrar o papel que essas pessoas tiveram e ainda têm na história do SJPDF", afirmou Silvio Queiroz, da coordenação-geral do Sindicato. Todas e todos ex-presidentes e ex-coordenadores gerais receberão a homenagem.

Debate
Na sequência, ocorreu o debate "Era Bolsonaro e a destruição do Brasil", com os jornalistas Guilherme Amado, Hélio Doyle e Thamy Frisseli.

Os profissionais fizeram uma avaliação dos quatro anos de governo Bolsonaro, dos ataques às liberdades democráticas, ao jornalismo e aos jornalistas.

mesa02

Inaugurações
Ainda dentro das atividades de celebração dos 60 anos do SJPDF, foi aberta a exposição fotográfica com obras de Orlando Brito e Sergio Amaral - uma homenagem póstuma a esses dois grandes nomes do fotojornalismo brasileiro.

E também inaugurado o mural da artista Naomi Cary, na entrada da sede do sindicato. A arte retrata diferentes momentos da categoria em Brasília e é uma homenagem a todas e todos jornalistas, repórteres fotográficos e cinematográficos e diagramadores do Distrito Federal.

Também durante a noite foi lançado o livro da jornalista Marcia Turcato, "Reportagem da Ditadura à Pandemia".

A celebração terminou com festa na laje, área aberta da sede do SJPDF.

mesa

Sessão solene

Nesta segunda-feira, 30, os 60 anos do SJPDF serão comemorados com uma sessão solene na Câmara Legislativa do DF, a partir das 10 horas. Toda a categoria está convidada para participar da atividade.

Receber notícias

📲 Ninguém vai nos calar. Seguiremos em luta em defesa do livre exercício do jornalismo, da liberdade de imprensa e da Democracia.
...cujas ações devem e podem estar sempre sujeitas ao escrutínio da imprensa e da sociedade. A censura imposta às… https://t.co/uwtFDBH2ZG

Acesse o Site