PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal se solidariza com o jornalista Guga Noblat, agredido na última quarta-feira (16) pelo deputado do PSL-RJ, Daniel Silveira, no Congresso Nacional. Ao questionar o deputado sobre uma "fiscalização" ao Colégio Pedro II no RJ, o jornalista foi atacado em plena Câmara dos Deputados, com o deputado de extrema-direita derrubando e danificado seu celular com um tapa.

O SJPDF repudia a agressão praticada pelo deputado Silveira, que se soma à crescente violência contra os jornalistas. A entidade se coloca à disposição seu departamento jurídico para prestar assistência a Guga Noblat.

Além disso, a diretoria do SJPDF cobra da presidência da Câmara dos Deputados e de sua Comissão de Ética medidas cabíveis frente à violência praticada pelo parlamentar dentro da Casa do Povo contra um profissional da imprensa.

O Sindicato também repudia a decisão da Anatel de permitir o bloqueio de celulares pelo GSI nos locais onde estiverem o presidente Bolsonaro e do o vice-presidente Mourão. A medida não tem nenhum paralelo em países democráticos e interfere diretamente no livre exercício do jornalismo profissional. Em tempos em que as autoridades federais se negam a dar declarações e preferem atacar os jornalistas, medidas como essas afetam ainda mais a liberdade de informar a sociedade.

SJPDF se solidariza com colegas da TV Escola em Brasília, SP e RJ por meio de contrato de gestão com Associação de… https://t.co/gA8t9HgIlQ
4hreplyretweetfavorite
Agora, acompanhe o que falaram os deputados Sidney Leite (PSD/AM), José Ricardo (PT/AM), Ivan Valente (PSOL/SP), Er… https://t.co/OulhSwoTib

Receber notícias

Acesse o Site