PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do DF (SJPDF) repudia a decisão da RedeTV! de recorrer à Medida Provisória 936 e diminuir os salários de jornalistas da empresa. A empresa diminuiu em 25% os salários e as jornadas por 90 dias.

O SJPDF compreende a grave adversidade vivenciada pelos veículos de comunicação, mas considera que os trabalhadores e trabalhadoras estão em condições de extrema vulnerabilidade e, portanto, não podem pagar pela crise econômica advinda da pandemia da COVID-19.

Por que a RedeTV! escolheu penalizar a mão de obra jornalística em detrimento dos lucros auferidos pela empresa? A emissora segue pagando salários altíssimos para apresentadores e apresentadoras de programas de entretenimento? Foi apresentado aos trabalhadores um plano financeiro detalhado da empresa para enfrentar a crise?

Esses e outros questionamentos foram feitos pelos Sindicatos que representam a categoria, tanto de São Paulo quanto do Distrito Federal. “Em tempos de pandemia e calamidade pública, os jornalistas desempenham uma atividade essencial para a sociedade e, em muitos casos, somos nós que estamos colocando a própria vida em risco, seja nas ruas ou nas redações”, diz a coordenadora-geral do SJPDF, Juliana Cézar Nunes.

Acordos individuais

Ainda, como se não bastasse o corte salarial, a empresa também desprezou o crescente grau de precarização da profissão de jornalista ao estabelecer acordos individuais com os trabalhadores. Embora a MP 936 autorize esse tipo de acordo em alguns casos, apenas uma negociação coletiva pode contribuir para evitar passivos trabalhistas e garantir que a equipe esteja em condições de atender às demandas das atividades.

Por isso a importância de os trabalhadores e trabalhadoras procurarem o sindicato. “Em caso de redução salarial, podemos buscar outras garantias, como ampliar o tempo de estabilidade de emprego e outros benefícios”, explica Renata Maffezoli, da coordenação jurídica do SJPDF. A diretora do Sindicato ressalta, ainda, que a entidade não irá assinar nenhum acordo sem a anuência e diálogo com os jornalistas envolvidos e buscará resguardar todos os direitos dos trabalhadores nesse momento tão delicado para os profissionais.

 

Enviamos ofício reiterando apelo para que os veículos que ainda mantêm seus setoristas no Alvorada suspendam, de im… https://t.co/rJsamqyRgB
20hreplyretweetfavorite
LUTO: O jornalismo perdeu Gilberto Dimenstein. Incansável na luta por um mundo menos desigual, ele combatia um cânc… https://t.co/cp6OcJhz1z
21hreplyretweetfavorite

Receber notícias

Acesse o Site