assembleia unificiada

Notícias
Publicado em Quarta, 09 Setembro 2020 16:47
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

Os Sindicatos dos Jornalistas e dos Radialistas do DF repudiam a demissão de aos menos 12 profissionais da TV Justiça que prestavam serviço via contrato terceirizado com a Fundac (Fundação para o Desenvolvimento das Artes e Comunicação).

Em plena pandemia, o Judiciário contribui para aumentar a fila do desemprego, deixar famílias desamparadas e precarizar um veículo de comunicação responsável por informar a população sobre decisões judiciais que afetam diretamente a vida de todos e todas.

Existem rumores de que mais profissionais serão demitidos nos próximos meses, o que causa apreensão e afeta a saúde mental dos jornalistas e radialistas da emissora.

Exigimos explicações por parte da gestão da TV Justiça. Colocamos nossas assessorias jurídicas à disposição dos trabalhadores e trabalhadoras, pois segundo relatos feitos pelos trabalhadores a empresa FUNDAC pretende dividir o pagamento das rescisões em até cinco vezes.

Receber notícias

Assembleia APROVA acordo salarial da CCT e garante REAJUSTE -> Ao fim de uma negociação prolongada e difícil, nas c… https://t.co/MCtZyelLD2
13mreplyretweetfavorite
O Brasil lidera ranking com as maiores quedas em classificação sobre LIBERDADE de EXPRESSÃO. O relatório da… https://t.co/x7Vyc9rEn1
22hreplyretweetfavorite

Acesse o Site