assembleia unificiada

Notícias
Publicado em Quinta, 10 Dezembro 2020 20:40
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

Hoje, dia Internacional dos Direitos Humanos, a data serve de alerta contra as seguidas tentativas de cerceamento da informação e do trabalho jornalístico. Exigimos respeito aos direitos humanos de toda a sociedade - em cumprimento à nossa missão - e aos direitos humanos das trabalhadoras e dos trabalhadores da comunicação.

Segundo a Federação Internacional dos Jornalistas (FIJ), 42 profissionais foram assassinados neste ano em todo o mundo. No Brasil, pioramos a posição no ranking anual de países com maior impunidade em casos de homicídios, segundo relatório do Comitê para Proteção de Jornalistas (CPJ). Foram 15 na última década sem solução.

Aqui no DF, 2020 foi mais um ano em que os jornalistas sofreram ataques sistemáticos no exercício da profissão - especialmente mulheres, negros (as) e LGBTQIA+. Ataques que partiram principalmente do presidente da República e de seus apoiadores. Mas não aceitamos intimidações. O SJPDF seguirá vigilante em defesa dos direitos humanos, em defesa das jornalistas e dos jornalistas, em defesa da profissão. Não nos calaram em 2020 e não vão nos calar em 2021.

Não vão nos calar jamais.

Receber notícias

🚨Contra a perseguição a mais uma trabalhadora da EBC! A jornalista Letycia Bond, representante eleita para a Comiss… https://t.co/n7o05aaXAs
O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal se soma ao repúdio feito por @FENAJoficial e… https://t.co/w6MM9swnTo

Acesse o Site