assembleia unificiada

Notícias
Publicado em Quarta, 16 Dezembro 2020 14:19
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

Os sindicatos dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal (SJPDF) e de São Paulo (SJSP) e o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Município do Rio de Janeiro (SJPMRJ) repudiam as demissões ocorridas nesta terça-feira (15) na Editora Globo e se solidarizam com os/as colegas demitidos/das às vésperas do Natal. Recebemos informações de que até o momento foram cerca de 20 demissões. Isso em meio a uma pandemia na qual o trabalho dos/as jornalistas teve um papel fundamental para a população e garantiu a sustentação das empresas de comunicação, especialmente com o aumento de audiência na internet.

Mais uma vez, os/as trabalhadores/as pagam o preço por uma gestão empresarial que privilegia o resultado financeiro imediato em prejuízo ao jornalismo, mesmo após uma série de medidas do governo que garantiram compensações para os empresários em caso de reduções salariais e suspensão de contratos. Como já alertávamos no primeiro semestre, essas medidas não garantiriam empregos pois o compromisso do empresariado é com o próprio lucro.

Não existe ponte segura entre diretoria e redação. A narrativa sobre o heroísmo dos jornalistas, encampada pelo marketing das Organizações Globo, mostra-se mais uma vez falaciosa. Colocamos nossa assessoria jurídica à disposição dos/as colegas demitidos para que os direitos sejam garantidos e convocamos toda a categoria a repudiar essa arbitrariedade.

Receber notícias

Trabalhadores da EBC mantêm estado de greve e divulgam carta pública https://t.co/xxAFxxzXJY https://t.co/JEN76wA0ly
Nota de pesar pelo falecimento Luis Humberto Pereira: Foto: Zuleika Souza https://t.co/cNSXDZGH8i https://t.co/dfQF4M5OCI

Acesse o Site