Notícias
Publicado em Segunda, 04 Janeiro 2021 21:15
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

Trabalhadores da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) aprovaram estado de greve frente a intransigência da empresa nas negociações do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT).

A assembleia foi realizada pelos Sindicatos dos Jornalistas e os Sindicatos dos Radialistas do DF, RJ e SP e a Comissão de Empregados da EBC no dia 18 de dezembro.

Também foi aprovada a proposta de criação de um grupo de trabalho para aprimorar a comunicação entre os trabalhadores e trabalhadoras e para debater assuntos do interesse de todos.

Foi sugerida ainda a elaboração de carta pública para divulgar à sociedade as dificuldades enfrentadas, atualmente, pelos empregados e empregadas da EBC para exercer suas funções de Comunicação Pública. O documento seria nos moldes do produzido por funcionários da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), divulgado na última sexta-feira (11). Nele, os funcionários reafirmam que a autarquia "não serve aos interesses de governos, de pessoas, de organizações ou de partidos políticos".

Os sindicatos informaram que a próxima mediação do Acordo Coletivo de Trabalho (ACT) deve ocorrer na segunda quinzena de janeiro. Neste momento, os trabalhadores da EBC estão sem a cobertura do ACT.

As entidades disseram que a direção da empresa demonstrou má-fé quanto a prorrogar o ACT, o que foi percebido pelo juiz mediador da negociação. Este ano, a mesa tem sido ainda mais árdua. A comissão que representa a direção da EBC agora se mostram muito mais fechadas ao diálogo e inclinadas à retirada de direitos dos empregados e empregadas.

O corpo de trabalhadores corre o risco de perder diversos benefícios, como o ticket extra, horas extras e PJ, caso o ACT proposto pela empresa entre em vigência. Também não há previsão de nenhuma reposição salarial, mesmo com o acúmulo de perdas há alguns anos, com reposições abaixo da inflação. A direção da EBC se recusa a negociar cláusulas sociais, que não têm nenhum impacto no orçamento e poderiam significar melhores condições de trabalho para muitos colegas.

O ACT e outras decisões da direção da empresa te atingem diretamente! Engaje-se nessa luta! Nenhum direito a menos! #ACTsemRetrocesso

 

Receber notícias

Filie-se ou regularize sua situação! Veja os detalhes abaixo: https://t.co/mRRXlsnPF5
6hreplyretweetfavorite
📄A Universidade Federal de Santa Catarina está mapeando os profissionais do jornalismo. E vc, jornalista do DF, já… https://t.co/8VIFinExt8
7hreplyretweetfavorite

Acesse o Site