campanha sindicalizacao 2021

PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

Os sindicatos e a comissão de empregados convocam os trabalhadores e trabalhadoras da EBC para uma plenária urgente, com o objetivo de discutir a inclusão da empresa no PND – Plano Nacional de Desestatização. Será nesta sexta-feira (19 de março), às 14h, via google meet. É importante a participação de todas(os) as(os) empregadas(os)

O governo confirmou nessa terça-feira (16/03) a inclusão da EBC no Programa Nacional de Desestatização. Apesar de mencionar que serão realizados estudos sobre como a empresa será "privatizada", os representantes do governo afirmaram que caso não haja "ativos" e como "agregar valor" ela pode ser extinta.

Questionada sobre o que será feito com os(as) empregados(as) concursados,  secretária de privatização não deu qualquer garantia, apenas disse que trabalham “com a premissa de valorização dos colaboradores”, fazendo a transição “da forma mais suave possível” para que os empregados tenham “oportunidades”.

A privatização ou extinção da empresa viola o Artigo 223 da Constituição, que prevê a existência dos sistemas público, privado e estatal de comunicação. Além disso, terá como consequência a eliminação de uma fonte importante de conteúdos educativos e culturais disponibilizados gratuitamente à população.

Diretores do Sindicato dos Jornalistas do DF entregaram, nessa quarta, ao ministro das Comunicações Fábio Faria a "Carta à Sociedade: por que a EBC não deve ser privatizada". O direto-presidente da EBC, Glen Valente, e a diretora de Jornalismo, Sirlei Batista, acompanharam o ato. Confira a íntegra do documento: https://emdefesadaebc.wordpress.com/2021/03/16/carta-a-sociedade-por-que-a-ebc-nao-deve-ser-privatizada/

Acordo Coletivo

As entidades sindicais que representam os trabalhadores da EBC participaram nesta quarta-feira (17), de forma virtual, de mais uma audiência de negociação do Acordo Coletivo de Trabalho 2021. Esta foi a primeira vez que a reunião foi mediada pelo vice-presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Vieira de Mello Filho.

A princípio, a audiência foi chamada pelo TST para ser realizada de forma bilateral — com a participação das entidades e também de representantes da empresa. No entanto, logo na abertura do encontro, o ministro Mello Filho manifestou o desejo de realizar mais uma reunião em separado com as partes e pediu para que os representantes da EBC se retirassem da audiência. Na conversa com os representantes dos trabalhadores, o ministro pediu um relato do andamento das negociações e manifestou boa vontade para encontrar caminhos que solucionem a contenda.

O ministro Mello Filho também já se reuniu em separado com os representantes da EBC. A previsão é de que a proposta de texto do ACT do tribunal seja apresentada posteriormente, em nova reunião unilateral com as partes.

 

Plenária dos trabalhadores da EBC contra a privatização
Sexta (19/03), às 14h
Google meet - https://meet.google.com/jsm-wytw-eyo
Ao entrar na sala, por favor, identifique-se no chat com nome/setor em que trabalha na EBC.

Receber notícias

RT @JornalistasSP: Jornalistas da capital conquistaram o reajuste pela inflação após 6 meses de negociação. Em assembleia com mais de 300 p…
Importantíssima vitória dos movimentos de comunicação do Distrito Federal! https://t.co/McaZQgdH3k

Acesse o Site