campanha sindicalizacao 2021

Notícias
Publicado em Segunda, 17 Maio 2021 11:58
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

Brasília perdeu nesse domingo (16/05) uma das mais importantes lideranças do movimento negro, repórter fotográfico apaixonado e sindicalista aguerrido. Lecino Ferreira da Silva Filho faleceu aos 64 anos por insuficiência renal e problemas pulmonares agravados pela Covid.

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal (SJPDF) e a Comissão de Jornalistas Profissionais do DF (Cojira-DF) lamentam profundamente a partida de Lecino, carinhosamente conhecido como Leleo.

Além de diretor do sindicato e do Clube da Imprensa, ele integrou a Comissão de Ética do SJPDF e foi um dos fundadores da Cojira-DF, em 2007.

Na vida profissional, atuou como assessor de comunicação do Conselho Nacional de Serviço Social e repórter fotográfico dos Ministérios da Educação e da Ciência e Tecnologia. Trabalhou no Jornal Comunidade, na Revista Plano Brasília, no SINDSEP/DF e no SINDSER.

Na década de 80, recém-chegado da Bahia, Leleo e outras lideranças negras conceberam o bloco afro Asé Dúdú, pioneiro na valorização das raízes africanas no carnaval de Brasília e importante projeto cultural para a juventude.

Militante da União de Negros pela Igualdade (Unegro) e capoeirista, Lecino também se destacou na defesa das religiões de matriz africana, tendo sido Ogã da falecida Yalorixá Tininha de Xangô.

Nos despedimos de Leleo na certeza de que seu exemplo de compromisso, alegria e força seguem a inspirar as novas gerações. Enlutados, nos solidarizamos com os amigos e com a família, especialmente a filha Anna Clara Adami.

Receber notícias

RT @JornalistasSP: Jornalistas da capital conquistaram o reajuste pela inflação após 6 meses de negociação. Em assembleia com mais de 300 p…
Importantíssima vitória dos movimentos de comunicação do Distrito Federal! https://t.co/McaZQgdH3k

Acesse o Site