Notícias
Publicado em Quinta, 03 Novembro 2022 18:48
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal (SJPDF) e a Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) manifestam solidariedade irrestrita ao colega radialista Alex Soares, locutor da Rádio Metrópoles e estudante de jornalismo, pelas ofensas racistas e pelas agressões físicas que sofreu na quarta-feira (2/11) nas proximidades do Quartel-General do Exército.

Alex fotografava, para um trabalho de faculdade, a manifestação golpista convocada pela extrema-direita bolsonarista para pedir "intervenção militar" e anulação da eleição presidencial que deu a vitória a Lula. Foi cercado por manifestantes, que proferiram ofensas impublicáveis de ordem racial, atiraram garrafas em direção ao carro e atingiram a mulher de Alex.

O SJPDF e a Fenaj reiteram o repúdio mais veemente aos atos racistas, que se multiplicam e se repetem alimentados pelo discurso de ódio semeado pelo bolsonarismo. Não por acaso, mais essa agressão se registrou no marco de uma manifestação que, pelos lemas e pela própria natureza, configura ataque ao Estado democrático de direito.

Além de expressarem solidariedade irrestrita a Alex e à esposa, o SJPDF e a Fenaj renovam a exigência de que as autoridades responsáveis investiguem o incidente, identifiquem os autores e apliquem as punições previstas em lei. A defesa da democracia é inseparável do combate implacável a todas as formas de racismo!

Receber notícias

Desde sua dispensa, a entidade tem atuado em todas as frentes legais para que Klaus seja punido pelos crimes cometi… https://t.co/5kny7XLaEP
O SJPDF esclarece que dispensou os serviços do advogado em razão de práticas incompatíveis com a dignidade da profi… https://t.co/C67XEXM4FM

Acesse o Site