Notícias
Publicado em Sexta, 02 Dezembro 2022 11:23
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

Após uma exaustiva cobertura jornalística das eleições, realizada por profissionais dedicados, e a menos de um mês do natal, a CNN Brasil anunciou uma demissão em massa de empregados nesta quinta-feira (1º). A medida inclui o fechamento da redação no Rio de Janeiro e o desligamento de centenas de funcionários, incluindo ao menos três jornalistas da praça de Brasília, sendo um vídeorreporter, um apresentador, um produtor, além de uma funcionária da área de recursos humanos.

Sem qualquer aviso prévio às equipes nem aos sindicatos, a atitude da empresa demonstra total insensibilidade e falta de respeito com profissionais que vinham trabalhando com empenho, em extensas jornadas de trabalho, sobretudo nos últimos meses, para levar informação de qualidade ao público. O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal (SJPDF) repudia com veemência a demissão em massa promovida pela CNN Brasil e informa que já solicitou esclarecimentos à empresa, por meio de ofício, além de pedido de reunião. O Sindicato também irá notificar o MPT para acompanhar a situação.

Ao mesmo tempo, a entidade coloca-se à disposição dos profissionais demitidos para acompanhamento sobre o devido cumprimento da legislação trabalhista nesses processos de desligamento.

Receber notícias

CONVITE O estudo Worlds of Journalism integra mais de 200 pesquisadores, com uma experiência de 15 anos em pesquis… https://t.co/Arw87PhDG6
RT @FENAJoficial: Brasil registra uma agressão a jornalista por dia em 2022 https://t.co/i8WyOXSc0U via @FENAJ

Acesse o Site