ficha inscricao b

PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

Representantes dos sindicatos dos Jornalistas do Distrito Federal (SJPDF) e das Empresas de Televisões, Rádios, Revistas e Jornais (Sinterj-DF), e da Secretaria de Segurança Pública do DF (SSP-DF)deram continuidade aos diálogos sobre medidas de seguranças dos jornalistas em coberturas de manifestações em Brasília, durante a terceira reunião que visa o estabelecimento de protocolos de procedimentos da relação entre profissionais da imprensa e de forças de segurança em eventos públicos na capital federal. Entre as referências do documento de protocolo em processo de debate estão os procedimentos de segurança adotados para a Copa do Mundo de Futebol, de 2014, que ocorreu no Brasil.

Na reunião, que ocorreu no dia 21 de julho, os diretores do SJPDF reafirmaram mais uma vez o posicionamento contrário da entidade a qualquer tipo de agressão praticada contra cidadãos e a imprensa. Bem como cobraram resposta oficial da SSP-DF sobre a denúncia feita pelo Sindicato inserida no dossiê entregue em mãos da Chefia de Gabinete do órgão. A Secretaria de Segurança informou na mesa de reunião que a resposta oficial está sendo finalizada e será enviada, em breve, à entidade.

Durante essa reunião, a Secretaria apresentou a proposta de “Oficina de segurança para profissionais da imprensa em áreas de manifestação pública”, a ser realizada no dia 11 de agosto, no Auditório do Comando Geral da Polícia Militar do DF, localizado no Setor Policial Sul, em Brasília. Esta oficina tem por objetivo detalhar procedimentos de segurança e policiais em eventos públicos para jornalistas.

A oficina, que tem 50 vagas para jornalistas, é uma das etapas da composição do protocolo e corresponde à parte de compreensão de procedimentos peculiares das forças de segurança em grandes eventos. Segundo a Secretaria de Segurança, os conteúdos a serem apresentados na Oficina, bem como as atividades práticas da mesma têm por base procedimentos comumente adotados por forças de segurança em diversos países pelo mundo.

A Diretoria do SJPDF avalia que essa pode ser uma oportunidade da categoria cobrar o respeito da polícia aos profissionais da imprensa e aos manifestantes. "É o momento de diálogo para cobrar que se respeite o direito a liberdade de expressão e a livre manifestação, assegurada na Constituição", afirma Gésio Passos, da coordenação Geral do SJPDF.

Diretores do SJPDF vão participar da Oficina. Coube ao Sindicato convidar integrantes da imprensa, destacadamente da chamada mídia alternativa para o evento. O Sinterj-DF indicará profissionais das empresas de comunicação tradicionais a ele filiados, assim como a EBC. Ficou acertado entre as partes que desta forma se poderia abranger uma boa quantidade de veículos e profissionais de imprensa.

Novas reuniões para tratar da elaborção do protocolo ocorrerão nas próximas semanas. 

Acesse aqui mais informações sobre as outras duas reuniões.

Foto: Wanderlei Pozzembom

Comissão de Jornalista pela Igualdade Racial do DF comemora 10 anos. https://t.co/PJu1LcDXd8 https://t.co/bhIhQhpr7x
3hreplyretweetfavorite
Ainda não fez a sua inscrição no V Seminário Unificado de Imprensa Sindical? O que você está esperando? https://t.co/FxMPAvZQBh
4hreplyretweetfavorite

Receber notícias

Acesse o Site