Notícias
Publicado em Quinta, 09 Janeiro 2020 18:26
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

De acordo com a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT) firmada em junho entre o Sindicato dos Jornalistas Profissionais do DF e o sindicato patronal, a categoria deve receber no salário de dezembro, pago no início deste mês, um reajuste de 1,17% aplicado sobre o salário de março de 2019. Este reajuste complementa os 4,67% definidos na CCT e será incorporado ao salário, porém sem o pagamento de retroativo. A cláusula vale para os jornalistas que não tenham recebido integralmente o índice de 4,67% imediatamente depois da assinatura da CCT. O acordo salarial de julho/2019 prevê ainda que o valor mínimo do vale-refeição passe a R$ 320 mensais a partir de dezembro de 2019. Além disso, o PLR relativo à CCT previa o pagamento parcelado, como opção, com a primeira quitada em 30/9/19 e a segunda até 31/1/20. As empresas que tenham optado pelo parcelamento devem quitar a segunda parcela do PLR até o próximo dia 31. O Sindicato chama a categoria a observar o cumprimento das cláusulas mencionadas e comunicar o descumprimento, para que os empregadores sejam notificados e pressionados a regularizar prontamente a situação.

Na mídia | FENAJ reitera defesa do exercício profissional após declarações do presidente Bolsonaro https://t.co/9NMoN8UBIn via @FENAJ
19hreplyretweetfavorite
RT @RodrigoMaia: A denúncia contra o jornalista @ggreenwald é uma ameaça à liberdade de imprensa. Jornalismo não é crime. Sem jornalismo li…

Receber notícias

Acesse o Site