assembleia unificiada

Notícias
Publicado em Sexta, 08 Maio 2020 17:25
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

A diretoria do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal (SJPDF) se reuniu no último dia 30 de abril com o chefe de redação da CNN, Roberto Munhoz, para cobrar da empresa explicações sobre uma série de reclamações encaminhadas ao sindicato.

Entre as irregularidades apontadas está a contratação de repórteres cinematográficos como operadores de câmera, a escala de plantões - que estaria desrespeitando a previsão legal de um dia de descanso a cada seis trabalhados -, e a contabilização e pagamento de horas extras.

Entre as reclamações, estaria o fato de que vários repórteres estariam trabalhando sem folgas por mais de três semanas, e que a empresa não estaria considerando os feriados como dia de plantão.

De acordo com o Munhoz, a empresa ainda está ajustando as escalas e pretendia seguir a jornada 12 por dois, com dois dias de descanso a cada doze trabalhados, conforme Convenção Coletiva de SP.

O SJPDF compreende essa jornada como ilegal, uma vez que contraria o artigo 307 da CLT que garante um dia de folga a cada seis trabalhados a todos os jornalistas.

Em relação aos repórteres cinematográficos, a CNN alegou que a contratação se dá através da Paris Filmes, a qual seria responsável pelos trabalhadores. O Sindicato entende, no entanto, que a rede de notícias também tem responsabilidade solidária com os funcionários que prestam serviço na empresa, não estando isenta de cobrar de suas terceirizadas a contratação regular dos empregados.

“Todas as reclamações já haviam sido encaminhadas à CNN por ofício e o sindicato segue cobrando da empresa resposta e regularização de todas as questões apontadas”, ressalta Juliana Cézar Nunes, coordenadora geral do SJPDF.

De acordo com a dirigente, foi reforçado, também, junto à CNN a necessidade de garantir a todas e todos os trabalhadores condições adequadas de trabalho, tanto presencial quanto para quem está em regime de teletrabalho, e a oferta de equipamento de proteção individual para todas e todos que estejam realizando coberturas externas ou trabalhando dentro da empresa.

Receber notícias

PRORROGADA a campanha de sindicalização 2020! Atendimento jurídico exclusivo, descontos nas carteiras nacional e in… https://t.co/JWZ0YSsHz8
9hreplyretweetfavorite
Sindicato realiza NOVA REUNIÃO com a CNN para discutir problemas. -> Cobramos a regularização dos repórteres cinema… https://t.co/1qKG1rhmyL

Acesse o Site