assembleia unificiada

Em Destaque
Publicado em Quarta, 09 Setembro 2020 16:47
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

Os Sindicatos dos Jornalistas e dos Radialistas do DF repudiam a demissão de aos menos 12 profissionais da TV Justiça que prestavam serviço via contrato terceirizado com a Fundac (Fundação para o Desenvolvimento das Artes e Comunicação).

Em plena pandemia, o Judiciário contribui para aumentar a fila do desemprego, deixar famílias desamparadas e precarizar um veículo de comunicação responsável por informar a população sobre decisões judiciais que afetam diretamente a vida de todos e todas.

Existem rumores de que mais profissionais serão demitidos nos próximos meses, o que causa apreensão e afeta a saúde mental dos jornalistas e radialistas da emissora.

Exigimos explicações por parte da gestão da TV Justiça. Colocamos nossas assessorias jurídicas à disposição dos trabalhadores e trabalhadoras, pois segundo relatos feitos pelos trabalhadores a empresa FUNDAC pretende dividir o pagamento das rescisões em até cinco vezes.

É DAQUI A POUCO, 20h30! A live "A luta dos jornalistas e a batalha contra as violências sociais", da BLACKTALK, é c… https://t.co/KzS9reQGsw
Novos convênios! O SJPDF publicou novos descontos para os sindicalizados em diversos serviços. Desde mensalidades d… https://t.co/a4Rc6aAXoO

Receber notícias

Acesse o Site