assembleia unificiada

Notícias
Publicado em Quinta, 11 Fevereiro 2021 13:42
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

Os jornalistas do Correio Braziliense suspenderam a paralisação que deveria começar à 0h de quarta-feira (10/2) depois que a empresa normalizou, com atraso de quase uma semana, o pagamento dos salários de janeiro. Os últimos trabalhadores que estavam sem receber confirmaram a entrada de 70% do valor na noite de 3ª feira, e o acerto se completou no dia seguinte.

A assembleia da redação, porém, manteve o estado de greve até o dia 18, quando vence o prazo pedido pelo Correio para retomar o pagamento (parcelado) do 13º salário de 2020. A empresa segue acumulando um vasto passivo trabalhista, entre férias, auxílio-alimentação e depósitos do FGTS.

O Sindicato dos Jornalistas aplaude a resolução dos colegas do Correio e estende a toda a categoria o chamado para respondermos com união e luta à degradação das relações e condições de trabalho.

Receber notícias

Trabalhadores da EBC mantêm estado de greve e divulgam carta pública https://t.co/xxAFxxzXJY https://t.co/JEN76wA0ly
Nota de pesar pelo falecimento Luis Humberto Pereira: Foto: Zuleika Souza https://t.co/cNSXDZGH8i https://t.co/dfQF4M5OCI

Acesse o Site