Notícias
Publicado em Sexta, 16 Julho 2021 17:33
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

As entidades representativas dos trabalhadores e trabalhadoras da EBC vêm, mais uma vez, alertar para a gravidade da situação da comunicação pública, da manutenção dos empregos dos funcionários e do autoritarismo crescente no país.

Na última terça-feira (13/07), uma equipe do BNDES reuniu-se o dia todo com o Ministério das Comunicações e com a presidência da EBC para seguir o cronograma citado pelo ministro Fábio Fabia recentemente, de "acelerar o processo" de desestatização da EBC. Já na última sexta-feira (09/07), ocorreu a terceira reunião do Comitê de Desestatização da EBC, com participação da Diretoria da empresa.

Evidente, no entanto, que a empresa não repassa tais infos ao conjunto de funcionários, contrariando a fala pública da própria direção em audiências no Congresso, de que estão fazendo o máximo para evitar a extinção da EBC. Publicamente, dizem estar atuando, mas internamente sequer repassam informações aos funcionários. É por isso que as entidades vão entrar com ações na Justiça para termos acesso imediato à tais reuniões.  

O momento segue gravíssimo e é importante que os empregados não caiam em falas relativistas, que tentam passar uma falsa sensação de tranquilidade. Essa passividade contida no discurso de "aguardar os estudos", que está alinhada com a diretoria da EBC, coloca os empregos dos funcionários em risco. Basta olharmos o contexto: a privatização da Eletrobras foi sancionada pelo presidente; os Correios estão em processo muito avançado de entrega 100% do capital; a Ceitec foi extinta, com dezenas de funcionários (concursados) que acabam de ser exonerados. Importante ressaltar que os "estudos" sobre a EBC podem se dar de forma protocolar, já que a decisão política de extinção pode já ter sido tomada.  

Por isso, a campanha FICA EBC, por meio dos GTs Conteúdo, Político e Imprensa seguem trabalhando na mobilização interna e externa, seja no Congresso, seja com a sociedade civil, seja dialogando com o próprio governo e com organismos internacionais no sentido de demonstrarmos a importância da permanência da empresa e a ilegalidade que envolve todo esse processo de desestatização da EBC.  

Sigamos em luta! Compartilhe os conteúdos da campanha! A EBC fica!

- Sindicatos dos Radialistas do DF, SP e RJ
- Sindicatos dos Jornalistas do DF, SP e RJ
- Comissão de Empregados da EBC

Receber notícias

A PEC 32 não é só uma 'granada no bolso do servidor', é uma bomba atômica contra o Brasil #PEC32ContraoBrasil https://t.co/SkS7G4nh7H
6hreplyretweetfavorite
A reforma Administrativa não reduz a despesa pública, não diminui impostos nem taxas públicas, ela apenas facilita… https://t.co/LIu5hmCcNw
6hreplyretweetfavorite

Acesse o Site