campanha sindicalizacao 2021

PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

Trabalhadores e trabalhadoras dos Diários Associados Minas se reuniram virtualmente ontem com o diretor do Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal (SJPDF), Sílvio Queiroz, e com dirigentes dos sindicatos mineiros dos Jornalistas, Gráficos e Administração para traçar estratégias para uma ação conjunta envolvendo os jornais Estado de Minas e Correio Braziliense, empresas que pertencem ao grupo econômico comandado hoje pela família Teixeira da Costa.

Os dois jornais vêm enfrentando problemas semelhantes como atraso recorrente na quitação dos salários, não pagamento do abono de férias e não recolhimento do FGTS. A preocupação é que o futuro do grupo seja semelhante ao da Editora Abril, que encerrou suas atividades sem quitar obrigações trabalhistas.

O dirigente do SJPDF fez um relato da situação dos trabalhadores do Correio que esse ano fizeram diversas paralisações em protesto pelo atraso dos salários, hoje pagos de maneira escalonada. No caso do Estado de Minas os trabalhadores estão paralisando suas atividades todos os dias, desde a semana passada, na luta pelos salários. Alguns já receberam, mas a decisão é seguir com o movimento até que toda redação receba integralmente seus vencimentos. Em outubro , alguns salários chegaram a ser pagos somente no mês subsequente. Os atrasos acontecem em todos os setores do jornal e afetam desde quem ganha salários mais elevados, até os trabalhadores com vencimentos mais baixos.

Os trabalhadores querem a regularização dos pagamentos e a garantia de quitação do décimo-terceiro nas datas estabelecidas pela legislação. No caso do Estado de Minas, reivindicam também informações por parte do jornal sobre o motivo dos atrasos e os critérios usados para os pagamentos. Em alguns meses, o salário é pago para alguns na data próxima do previsto pela lei, nos outros atrasa dias. O grupo enfrenta problemas econômicos desde 2014 que vem se agravando comprometendo a vida dos trabalhadores e causando ansiedade e adoecimento.

Receber notícias

A adesão à GREVE na EBC só aumenta! Siga o perfil @ficaebc e compartilhe os conteúdos. A EBC, com funcionários valo… https://t.co/v3PKlIf80k
📲 Que tal levar essa linda camiseta de luta? 🎙️ Nossa Campanha de Sindicalização e Regularização 2021 segue no ar… https://t.co/l7JkzzbQBM

Acesse o Site