campanha sindicalizacao 2021

Em Destaque
Publicado em Quarta, 05 Janeiro 2022 14:42
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

A diretoria da EBC resolveu começar 2022 desrespeitando os direitos dos trabalhadores e trabalhadoras. Mesmo com o dissídio coletivo de greve em curso no Tribunal Superior do Trabalho (TST), a empresa encaminhou nesta terça-feira (4) e-mails com informe de desconto dos quatro dias de greve em novembro já no próximo pagamento. No entanto, no pedido de dissídio, a empresa chegou a solicitar a declaração de abusividade da greve, o que não foi acatado pelo juiz Emmanoel Pereira.

Os sindicatos dos Jornalistas e Radialistas do DF, RJ e SP, assim como a Comissão de Empregados e Empregadas da EBC, entendem que a greve é um direito e que foi exercido durante históricos 19 dias de acordo com as previsões legais. As assessorias jurídicas das entidades irão entrar com as medidas judiciais cabíveis para impedir os descontos. Consideramos desnecessária a resposta dos empregados e empregadas ao e-mail enviado pela empresa, salvo haja algum dia não paralisado constando como greve.

Seguimos em estado de greve e mobilizados em defesa de um acordo coletivo que reponha as perdas inflacionárias e garanta cláusulas sociais historicamente conquistadas. Lutar pela direitos dos trabalhadores e trabalhadoras é também lutar pela comunicação pública.

Sindicatos dos Jornalistas e Radialistas do DF, RJ e SP
Comissão dos Empregados e Empregadas da EBC

Receber notícias

➡️ Subscrevemos a nota do @JornalistasSP! 📣 Em defesa dos Jornalistas da Folha de S.Paulo e do DIREITO DE CONSCIÊ… https://t.co/FWId86DXv7
18hreplyretweetfavorite
📢 A CONAJIRA, Comissão Nacional de Jornalistas pela Igualdade Racial, ainda registra que – p/ além do exame de cons… https://t.co/ztQYigPJgz
18hreplyretweetfavorite

Acesse o Site