Em Destaque
Publicado em Terça, 06 Setembro 2022 10:12
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Distrito Federal (SJPDF) oficiou as empresas de jornalismo com sede no Distrito Federal para cobrar a adoção de medidas de proteção e prevenção contra possíveis casos de violência durante a cobertura jornalística das atividades do dia 7 de setembro e também no acompanhamento de pautas sobre o período eleitoral em curso.

“Infelizmente, sabemos que houve uma ascensão preocupante de casos de violência contra jornalistas, estimulados em grande parte pelo atual chefe do Executivo federal. É importante que as empresas e as forças de segurança garantam condições necessárias para o pleno e seguro exercício do jornalismo, pilar essencial de qualquer democracia”, salienta Renata Maffezoli, coordenadora jurídica do SJPDF.

A diretora do Sindicato também orienta que profissionais usem os equipamentos de proteção individuais necessários, evitem atuar sozinhos, especialmente na cobertura de manifestações e se recusem a executar a pauta, caso não sintam segurança para tal. Também é fundamental que todo e qualquer caso de agressão – física ou verbal – seja denunciado tanto às forças de segurança, com registro de Boletim de Ocorrência, quanto ao sindicato para que as medidas cabíveis possam ser adotadas.

O SJPDF também pede que as e os profissionais sigam orientações apontadas no "Guia de Proteção a Jornalistas na Cobertura Eleitoral", elaborado pelo Sindicato dos Jornalistas de SP. Acesse aqui!

A diretoria do SJPDF seguirá atenta e caso haja necessidade pode ser acionada pelos números 61 98346-9839 e 61 99267-6935.

Receber notícias

📲 Ninguém vai nos calar. Seguiremos em luta em defesa do livre exercício do jornalismo, da liberdade de imprensa e da Democracia.
...cujas ações devem e podem estar sempre sujeitas ao escrutínio da imprensa e da sociedade. A censura imposta às… https://t.co/uwtFDBH2ZG

Acesse o Site