campanha sindicalizacao 2021

Notícias
Publicado em Segunda, 26 Julho 2021 11:29
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

Assembleia dos jornalistas aprova as contas do Sindicato e do Clube da Imprensa dos anos de 2019 e 2020. Realizada no dia 17 de julho, os jornalistas acataram o parecer apresentado pelo Conselho Fiscal indicando a aprovação das contas.

A diretoria executiva do Sindicato apresentou os balanços das contas nos últimos dois anos para a categoria. O diretor administrativo do SJPDF, Gésio Passos, ressaltou que a situação é preocupante com a queda da sindicalização nos últimos anos. A outra fonte de recursos do Sindicato, os aluguéis, também tiveram está em queda no mercado, mas a entidade está conseguindo manter os espaços da sede alugados mesmo com a pandemia. "Com muito esforço nos cortes das despesas, nos últimos meses, estamos conseguindo manter as contas do Sindicato equilibradas", disse Gésio.

A conselheira fiscal, Daiane Lima, fez a leitura do parecer do Conselho pela aprovação das contas do Sindicato. Daiana também apresentou sugestões de redução de despesas bancárias, de negociação com serviços de gerenciamento e de hospedagem de site, economia de energia e rever o envio do boletim NR pelos Correios. Também se pediu para explicar melhor no balanço o repasse de recursos para o Clube da Imprensa e os gastos com processos judiciais.

A diretoria do Sindicato agradeceu as contribuições do Conselho Fiscal, informou que já havia feito uma renogociação de fornecedores durante a pandemia, mas que buscará um novo esforço. Sobre o envio do boletim, foi explicado que metade do boletim é enviado aproveitando o boleto bancário, opção de pagamento de cerca de metade dos associados. Os gastos maiores são com os demais associados, que também precisam receber as informações do Sindicato. O impresso é feito na copiadora do próprio Sindicato, sem custos adicionais. Mas assumiu compromisso de analisar a questão com os próprios associados.

Sobre os repasses do Clube da Imprensa, que está em processo de reconstrução, mas que ainda não gera arrecadação ao Sindicato, foi explicado que eles eram relativos a manutenção do único funcionário do Clube e que, a longo prazo, o Sindicato espera o ressarcimento a partir dos recursos que entrarão pela reconstrução do Clube da Imprensa. Marcos Urupá, presidente do Clube, inclusive informou que a parceria teve os prazos de reconstrução suspensos durante a pandemia, mas que continuam arcando com manutenção da área e pagamento de impostos, como o IPTU. Que os parceiros vão reconstruir o Clube e garantir sua sustentabilidade com os demais empreendimentos que serão construídos na área.

Sobre as ações judiciais, foi explicado a situação do processo envolvendo o advogado que prestou serviços ao Sindicato entre 2010 e 2013 e que está em fase de recurso.

Receber notícias

📣 Nossa Campanha de Sindicalização e Regularização 2021 segue no ar! 💰Você sabia, por exemplo, que os sindicaliza… https://t.co/WMc4LXCcC3
16hreplyretweetfavorite
O objetivo da data é lembrar a importância de uma comunicação de massa, do jornalismo cidadão, a fim de criar um si… https://t.co/8edM5UtP0g

Acesse o Site