Notícias
Publicado em Quarta, 22 Fevereiro 2023 18:16
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal (SJPDF) recebeu consternado, na segunda-feira de Carnaval, a notícia da morte prematura do jornalista Bernardo Scartezini.

Bernardo tinha 46 anos e era reconhecido entre os amigos e colegas pelo texto agudo e robusto, bem como pelo convívio afável e cativante. Sofria de arritmia cardíaca, esteve internado recentemente e morreu em casa, dormindo, segundo as informações recebidas.

Em muitos sentidos, ele seguiu os passos do pai, AC Scartezini, colunista e editor do Correio Braziliense, falecido em setembro do ano passado. Assim como ele, Bernardo enriquecia qualquer cobertura com um aporte cultural variado e profundo, a um tempo clássico e sintonizado com a atualidade. Destacou-se na crítica de cultura e arte, mas também emprestou o seu brilho às editorias de esporte e política.

Além de uma longa passagem pelo Correio, atuou ainda no Jornal do Brasil, na Veja Brasília e no portal Metrópoles. Ultimamente, produzia o próprio programa de rádio, o Blood Buzz, transmitido pela Rádio Web Cult 22 e dedicado à música pop e experimental, com um olhar especial para o rock, uma de suas paixões.

O SJPDF manifesta profundo pesar e expressa solidariedade aos colegas, amigos e familiares de Bernardo, em especial à mãe, Virgínia, que sofreu recentemente a perda de AC Scartezini.

Receber notícias

Acesse o Site