PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

O Sindicato dos Jornalistas do DF recebeu ontem (8/4) a resposta negativa do Governo do Distrito Federal ao pedido feito, em parceria com o Sindicato dos Radialistas, para incluir ambas as categorias entre as prioridades para a vacinação.

Em resposta ao ofício, o secretário da Saúde, Osnei Okumoto se manifestou "sensível à demanda" e afirmou o "empenho em analisar o pleito de todos os setores". Admitiu, porém, que o "quantitativo limitado de doses" leva o GDF a priorizar "profissionais da saúde, usuários com condições específicas e idosos, por apresentarem maior risco de complicações em comparação aos dos demais grupos".

O SJPDF seguirá defendendo a inclusão dos jornalistas no plano de vacinação do GDF, considerando a condição de atividade considerada essencial e a exposição diária de colegas a coberturas com risco de contaminação.

Igualmente, manteremos a fiscalização das condições de trabalho da categoria - e renovamos o chamado aos colegas para que relatem os problemas verificados no local de trabalho, com a garantia de anonimato para as denúncias encaminhadas ao Sindicato.

Receber notícias

LUTO: Nota de pesar pelo falecimento de Luiz Linhares -> Vítima da Covid-19, Linhares nasceu em 1955 e foi jornalis… https://t.co/SgieBFVHyH
RT @ficaebc: A gente fala Rádio Nacional da Amazônia e imagina que ela só alcança a região norte do país. Mas ela vai além! O Adeilson Silv…

Acesse o Site