Em Destaque
Publicado em Sexta, 16 Julho 2021 17:37
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

Se não bastasse a ameaça de privatização - que cada dia avança um passo - mais um vez, a diretoria da EBC enrola os trabalhadores e desmarca reunião sobre o Acordo Coletivo de Trabalho. Um encontro com os sindicatos estava previsto para o dia 7 de julho, mas foi cancelado pela empresa, que ainda não apresentou nova data para a reunião.

Trabalhadores esperam há quase um ano a assinatura do acordo de 2020. A renovação que a empresa anuncia mensalmente é enganosa e não mantém todos os direitos. É o caso do abono social, que está previsto em norma interna, ignorada pela gestão. Vamos entrar em período de férias escolares e pais e mães não podem gozar do benefício com suas crianças.

Também não há previsão de pagamento do ticket extra, contingenciado desde dezembro de 2020, apesar da previsão no orçamento da EBC.

No último encontro com as entidades representativas, em 29 de junho, a EBC disse que aguardava retorno da Sest para apresentar  proposta aos sindicatos. Até agora, no entanto, senta em cima dos nossos direitos.

Pedimos que o presidente da EBC Glen Valente interceda para destravar as negociações e respeitar os direitos dos trabalhadores e das trabalhadoras. A EBC merece uma gestão comprometida com seus empregados e com a comunicação pública de fato.

Texto: Comissão de Empregados da EBC

Receber notícias

⭕24 DE JULHO | Dia de nos unirmos pelo impeachment imediato de Bolsonaro! A concentração será no Museu da República… https://t.co/pxV1XVPn9h
RT @ficaebc: 🚨BNDES e PPI seguem trabalhando pela extinção ou privatização da EBC -> Dia 13/7 o @bndes reuniu-se com o @mincomunicacoes e c…

Acesse o Site