campanha sindicalizacao 2021

PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

Morreu, às 21h41 deste domingo (26/05), o empresário Roberto Civita, 76, presidente do Conselho de Administração do Grupo Abril, vítima de falência de múltiplos órgãos, após complicações de uma cirurgia para colocação de um stent abdominal. 
Civita estava internado no hospital Sírio-Libanês, no centro de São Paulo (SP), desde o mês de março e seu estado de saúde era considerado delicado, devido a grande perda de sangue no processo cirúrgico. 
Filho de Victor Civita, criador do Grupo Abril, Roberto estava há mais de duas décadas à frente da empresa, que edita a revista de maior circulação no Brasil, a Veja. Ele acumulava os cargos de presidente do Conselho de Administração e diretor editorial do Grupo Abril, e presidente do conselho da Abril Educação.

Um dos maiores conglomerados de comunicação da América Latina, o Grupo Abril, fundado em 1950, conta com 52 títulos e cerca de 9 mil funcionários. No ano passado, o faturamento da empresa foi de quase R$ 3 bilhões. 
Desde o dia 20/03, Giancarlo Civita, filho de Roberto, assumiu as funções do pai na empresa, até que ele pudesse retomar suas atividades. 
Roberto Civita deixa a esposa Maria Antônia Magalhães Civita, os filhos Giancarlo Civita, Victor Civita Neto e Roberta Anamaria Civita, além de seis netos e enteados. 
O velório do corpo do empresário será realizado no Crematório Horto da Paz, em Itapecerica da Serra (SP), das 11h às 17h de segunda (27/05).

Publicada pelo Portal Imprensa

Receber notícias

RT @JornalistasSP: Jornalistas da capital conquistaram o reajuste pela inflação após 6 meses de negociação. Em assembleia com mais de 300 p…
Importantíssima vitória dos movimentos de comunicação do Distrito Federal! https://t.co/McaZQgdH3k

Acesse o Site