Notícias
Publicado em Segunda, 08 Março 2021 12:53
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

Aqui na capital, Nice trabalhou no Jornal de Brasília, no Correio Braziliense e na assessoria de imprensa do Ministério do Trabalho, na gestão do ministro Arnaldo da Costa Prieto, órgão pelo qual se aposentou há quinze anos.

Nice Mecking, prima do consagrado enxadrista Henrique Costa Mecking, o Mequinho, foi taquígrafa na Câmara de Vereadores de Pelotas e se formou em Jornalismo na Universidade Católica daquela cidade. Em Brasília, para onde veio no final dos anos 1970, participou de vários grupos de atividades artísticas, quando explorou o seu potencial para as artes plásticas, dedicando-se à produção de quadros usando a rica flora do Cerrado. Seu farto material foi apresentado em várias exposições em Brasília.

Há três anos, Nice retornou ao Sul, para a cidade de Tapes – cerca de uma hora de Porto Alegre –, onde moram familiares. Porém, pouco tempo depois passou a enfrentar problemas de saúde que foram se agravando, culminando com a sua morte, aos 83 anos, neste domingo (07/03).

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal lamenta mais essa perda e se solidariza com os familiares e amigos de Nice Mecking.

 

Receber notícias

LUTO: Nota de pesar pelo falecimento de Luiz Linhares -> Vítima da Covid-19, Linhares nasceu em 1955 e foi jornalis… https://t.co/SgieBFVHyH
RT @ficaebc: A gente fala Rádio Nacional da Amazônia e imagina que ela só alcança a região norte do país. Mas ela vai além! O Adeilson Silv…

Acesse o Site