campanha sindicalizacao 2021

Notícias
Publicado em Quarta, 02 Março 2022 20:22
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

EBC, DEVOLVA O MEU SALÁRIO!

Nesta segunda-feira, dia 07 de março, às 13h, os empregados e empregadas da EBC no DF, Rio e SP realizam ato contra o corte de ponto em frente às sedes da empresa.

De forma arbitrária e covarde, a EBC confiscou até 2/3 do salário dos trabalhadores e trabalhadoras, mesmo com processo de dissídio em curso.

A Justiça já determinou o pagamento integral dos salários, sob pena de multa de R$ 100 mil ao dia. A empresa respondeu ao juiz que irá fazer o pagamento, mas apenas na próxima folha.

No processo, a direção da EBC ainda minimizou os prejuízos do corte, afirmando que pagou o adiantamento de metade do décimo-terceiro este mês, mesmo sabendo que muitos colegas têm empréstimos consignados já vinculados à essa receita.

Exigimos que a decisão judicial seja cumprida e o pagamento feito, em folha suplementar, ainda este mês.

Também reivindicamos o repasse integral dos valores referentes ao auxílio-alimentação, descontados sem aviso prévio.

Vamos nos manter unidos e unidas em defesa dos nossos direitos. Exercemos o direito à greve e cumprimos todas as determinações legais. A EBC é que está fora da lei e os gestores devem ser responsabilizados por isso!

Participe do ato em sua cidade. Nesta segunda-feira, dia 07 de Março, 13h, em frente às sedes da EBC no DF, Rio e SP.

 

EBC descumpre determinação judicial

Informamos que mesmo com a liminar expedida pelo Ministro relator da ação do dissídio no dia 25 de fevereiro, determinando a suspensão dos descontos dos dias parados na greve, a EBC manteve o desconto dos salários e os empregados ainda foram surpreendidos ao verificar no extrato do Sodexo que a empresa também confiscou os valores dos tickets alimentação e refeição, assumindo assim a responsabilidade da pena de multa de R$ 100.000,00 por dia de descumprimento da decisão judicial.

Essa posição da EBC mais uma vez comprova que a Gestão não se importa com a saúde geral de seus trabalhadores. O que era evidente há tempos, uma vez que empurra a renovação do acordo coletivo por mais de dois anos, não aplica a progressão de carreira nos dois últimos anos, suspende a aplicação do ACT quando deixa de renovar o mesmo e abandona a mediação sugerida por ela no TST.

Não é compreensível que mesmo com toda esta gestão desastrosa os Diretores se autodeclaram excelentes e se dão um abono salarial de 1,5 salários, um valor aproximado de R$ 40.000,00.

Os sindicatos adotarão as providências cabíveis para informar o Ministro sobre o descumprimento da liminar, solicitando que a empresa seja obrigada a devolver *imediatamente* os valores descontados e que seja aplicada a multa prevista na liminar em caso de descumprimento, a ser paga pelos gestores, responsáveis por essa e outras ações de improbidade.

Sindicatos do Radialistas e Jornalistas do Distrito Federal, Rio de Janeiro e São Paulo

Receber notícias

Próxima assembleia: 04/07 (2ªf.), a partir das 20h! Para participar, envie email para sjpdf2020@gmail.com Vamos a… https://t.co/umfNcns6y4
(em todas as faixas, o valor será proporcional aos meses trabalhados entre 1/4/21 e 31/3/22; para cada mês,1/12 do… https://t.co/EbiJIwUs2I

Acesse o Site