Notícias
Publicado em Sexta, 24 Fevereiro 2017 10:52
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

O Sindicato dos Jornalistas torna público seu questionamento a direção de jornalismo da Empresa Brasil de Comunicação sobre a orientação para que durante o carnaval não se cubra temas políticos

O Sindicato dos Jornalistas torna público seu questionamento a direção de jornalismo da Empresa Brasil de Comunicação sobre a orientação às redações para que durante o carnaval os jornalistas da empresa não cubram temas políticos, não fazendo sequer imagens de faixa e cartazes críticas a políticos e governos.

É dever deste Sindicato zelar pelo código de ética da categoria segundo o qual o jornalismo deve se pautar por uma cobertura equilibrada, retratando os acontecimentos sem preconceitos, direcionamentos e dando espaço à pluralidade de vozes na sociedade.

Princípios como diversidade, pluralidade, equilíbrio, independência dos governos de plantão estão presentes na própria Lei de criação da empresa (Lei 11.652/2008). Eles também constam do Manual de Jornalismo da Empresa Brasil de Comunicação.

A posição da direção da empresa de veto e o direcionamento contra protestos questionadores e satíricos da sociedade, que fazem parte da cultura do carnaval, de qualquer matriz ideológica, é algo que fere as normas supracitadas e vai de encontro ao que a Comunicação Pública deve ser.

Reiteramos publicamente o pedido de esclarecimentos à direção da EBC.

Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal

Levantamento da CPI do Senado coloca em xeque o argumento de déficit da Previdência. https://t.co/pd2X67ws2c https://t.co/FAWca2W9Rn
7hreplyretweetfavorite
Já pensou receber ofertas de chocolate toda vez que está triste? Não parece distante, não é? #SeusDadosSãoVocê
9hreplyretweetfavorite

Receber notícias

Acesse o Site