Notícias
Publicado em Quarta, 20 Agosto 2014 18:00
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

Na última segunda-feira, 18/8, foi realizada assembleia para avaliar as contas de 2013 do Sindicato dos Jornalistas do DF. Os diretores da entidade apresentaram uma planilha com as receitas e despesas referentes ao ano de 2013. Ela veio acompanhada de explicações adicionais sobre gastos que destoam das médias mensais em algumas rubricas. Este novo modelo, que substituiu o antigo baseado em balancetes mensais, responde à política da nova gestão de tornar as contas acessíveis à categoria da forma mais transparente possível.

>>>>> VEJA AQUI A PLANILHA COM AS CONTAS DO ANO <<<<<<<<<<<<

Em 2013, a prestação de contas referente ao período de janeiro a dezembro foi finalizada somente em agosto de 2014 porque o Sindicato mudou de escritório de contabilidade. O SJPDF terminou com um saldo positivo. A receita final foi de R$ 1.397.010,53 e as despesas somaram R$ 1.261.985,61. O Conselho Fiscal, instância independente desde a mudança estatutária do ano passado, apresentou parecer favorável à prestação de contas de 2013 da entidade. Os presentes ratificaram a decisão e aprovaram o balanço financeiro de 2013. 

Segundo Renata Maffezoli, coordenadora administrativa do SJPDF, o saldo positivo se deve à arrecadação com aluguéis das salas e garagens e ao controle do uso de dinheiro proveniente do imposto sindical, que foi direcionado às despesas correntes da entidade.

Conselho Fiscal

Para além de apresentar um parecer favorável ao balanço financeiro da entidade, os integrantes do Conselho Fiscal fizeram algumas sugestões para a melhora da exposição das contas. Entre elas estão um maior detalhamento das rubricas, a especificação das receitas diversas, a justificativa dos diferentes valores gastos com táxi em alguns períodos do ano e a realização de uma auditoria no fim da gestão (Confira o parecer aqui).

“Acreditamos que seja necessária essa contratação, pois ela irá resguardar a entidade e evitar problemas futuros”, afirmou Beth Fernandes, integrantes do Conselho Fiscal. O Conselho Fiscal é formado por Beth Fernandes, Eduardo Wendhausen e Mayrá Lima. 

Prestação de contas políticas

A assembleia também cumpriu o papel de apresentar uma prestação de contas sobre as ações da gestão atual desde sua posse, em setembro do ano passado. Os diretores do SJPDF lembraram as principais iniciativas da diretoria (confira abaixo). "A greve da Empresa Brasil de Comunicação, em novembro de 103, foi um marco da gestão. A Campanha Salarial de 2014 também foi importante pela mobilização, mesmo que seu resultado tenha sido aquém do que a diretoria esperava e a categoria merecia", disse Jonas Valente.

Leonor Costa, coordenador-geral do SJPDF, ressaltou que essa gestão segue com o desafio de aproximar a categoria do Sindicato e de colocar a entidade nos cenários sindical e político do DF. “Temos nos inserido em diversas frentes de luta e participado de diálogos com entidades da sociedade civil, mais o nosso maior desafio ainda é  trazer a categoria de volta para o Sindicato e potencializar a questão da sindicalização”, afirmou.

Principais ações da gestão a partir de setembro de 2013:

1)      Participação da Semana pela democratização da comunicação;

2)      Recolhimento de depoimentos na Comissão da Verdade dos Jornalistas do DF;
3)      Atuação na Greve da EBC;

4)      Realização da Campanha de Sindicalização 2014;

5)      Realização do Congresso Distrital dos Jornalistas;

6)      Participação no Congresso nacional dos Jornalistas;

7)      Realização de Ato contra as demissões no Correio Braziliense;

8)      Realização de Atos contra os atrasos no Jornal Comunidade;

9)      Realização de cursos: Legislação das Comunicações e Jornalismo no Brasil, Curso Básico de Jornalismo Econômico e Como obter mais notícias de uma pesquisa eleitoral e evitar cinco erros comuns;

10)   Participação na Campanha pela criação do Conselho de Comunicação do DF;

11)   Atuação na mobilização no Senado Federal contra a redução dos jornalistas;

12)   Garantia de ações de segurança dos jornalistas nas coberturas da Copa e dos protestos paralelos ao Mundial ;

13)   Participação em debates em universidades;

14)   Fiscalização de editais de órgão e vagas em empresas direcionadas aos jornalistas;

15)   Realização de reuniões do Coletivo de Assessores;

16)   Promoção da Campanha Salarial 2014;
17)   Realização de edições da Cozinha Fotográfica;

18)   Elaboração da campanha “Assessor de Imprensa é Jornalista”;

19)   Participação em atividades pela luta de um Plano de Carreiras da EBC justo e democrático;
20)   Representação contra Bolsonaro na Câmara dos Deputados por agressão a uma jornalista.

Receber notícias

A PEC 32 não é só uma 'granada no bolso do servidor', é uma bomba atômica contra o Brasil #PEC32ContraoBrasil https://t.co/SkS7G4nh7H
6hreplyretweetfavorite
A reforma Administrativa não reduz a despesa pública, não diminui impostos nem taxas públicas, ela apenas facilita… https://t.co/LIu5hmCcNw
6hreplyretweetfavorite

Acesse o Site