banner sindi 55

Notícias
Publicado em Sexta, 23 Março 2018 14:39
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

Na primeira reunião de negociação da Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), nesta quarta (20/3), as empresas responderam com 100% de rejeição a pauta aprovada pelos jornalistas em assembleia. A primeira mesa de negociação aconteceu na sede do Jornal de Brasília entre o Sindicato dos Jornalistas e o Sindicato das empresas de TV, Rádio e Jornais do DF. Os Jornalistas irão analisar a proposta em assembleia na próxima quarta (28/03), às 19h30, na sede do Sindicato.

O retorno das empresas se deu após 30 dias de envio da pauta pelo SJPDF. O patronato mais uma vez apresentou a desculpa da situação do mercado para apresentar uma proposta rebaixada aos trabalhadores. As empresas negaram a recomposição salarial dos últimos anos, apresentando uma proposta de 1,7% nos salários e no piso, abaixo da previsão inflacionária.

Na Participação nos Lucros e Resultados (PPR) as empresas apresentaram um valor abaixo da convenção de 2017, com teto de R$1520,00 e piso de R$1320,00, com prazo para pagamento até 2019. Os representantes dos patrões ainda propõe a compensação de horas extras em 180 dias, contra 90 dias previstos na atual CCT. As empresas ainda querem que as homologações não sejam feitas no Sindicato, insistindo no previsto na reforma trabalhista.

As empresas ainda negaram todas as novas cláusulas apresentadas pelos jornalistas, como licença maternidade de seis meses, estabilidade no trabalho e multa de descumprimento da CCT, entre outras. O SJPDF solicitou que as reuniões de negociação fossem semanalmente, mas não houve consenso. As reuniões serão quinzenais e a próxima reunião será no dia 3 de abril.

 

 

Proposta dos trabalhadores

Proposta dos Patrões

Reajuste

INPC + 4,33% (perdas do sois últimos anos)

1,70% de aumento

Piso

R$ 2.530 + INPC + 4,33% (perda dos dois últimos anos)

1,70% de reajuste

PLR

45% da remuneração
- Teto - R$ 2.800
- Piso - R$ 2.400

35% do salário base
Teto – R$ 1.520
Piso – R$ 1.320
(poderá ser pagos em duas parcelas 31/1018 e 28/02/19)

Auxílio-alimentação

Mínimo de R$ 600,00 por mês para quem ganha mais do que isso, reajuste segundo o INPC

R$ 300,00 a ser pago a parti do mês 03/2019

Auxílio-creche

Mínimo de R$ 700

 R$ 460 por filho

Seguro de vida

Mesmo valor do reajuste salarial

1,7% de reajuste

Proposta dos trabalhadores

Os trabalhadores reivindicam reajustes nos salários no valor do INPC mais 4,33%, que correspondem às perdas salariais dos últimos três anos. A assembleia também decidiu pelo aumento do auxílio creche para R$700,00 e dos vales alimentação para o mínimo de R$600,00.

Na pauta, os jornalistas também pedem que a Participação nos Lucros e Resultados (PLR), seja de 45% da remuneração, com limite de R$ 2800,00, sendo garantindo no mínimo de R$2400,00. Os trabalhadores também reivindicam que seja garantida a licença maternidade de seis meses e de paternidade de 30 dias.

O retorno do pagamento do adicional por tempo de serviço para toda categoria, garantindo um quinquênio de 3%, também é um dos itens da pauta de reivindicações. A categoria defende, ainda, a ampliação da compensação de horas extras por folga em 100%, ou seja, duas horas para cada hora trabalhada. Outro ponto importante previsto na pauta é a ampliação da multa a ser aplicada nos atrasos dos salários e na PLR.

Na assembleia geral, os jornalistas presentes também incluíram doze novas cláusulas na pauta da Convenção Coletivo de Trabalho, como adicional para quem produz para mais de um veículo, abono social, proibição de terceirização nas redações, estabilidade no emprego, medidas de segurança e multa de descumprimento da CCT, entre outras.

 

*Matéria atualizada em 24 de março.

 

Colega jornalista, se você é vítima de assédio moral em seu trabalho, denuncie. Nós estamos aqui para te ajudar! C… https://t.co/sr8MlFpAc4
3hreplyretweetfavorite
Jornalista sindicalizado tem 30% de desconto em workshop sobre relacionamentos profissionais Veja mais informações… https://t.co/QJCyWYjhgZ
5hreplyretweetfavorite

Receber notícias

Acesse o Site