bannertopsindicalizacao

Notícias
Publicado em Terça, 16 Outubro 2018 19:24
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

A direção da Empresa Brasil de Comunicação (EBC) procura, mais uma vez, provocar o conflito com seus trabalhadores ao invés de negociar um novo Acordo Coletivo de Trabalho (ACT). A pauta da categoria foi entregue pelos Sindicatos no dia 31/8 e, a quinze dias para vencimento da data base, a EBC continua a negar se sentar a mesa com os representantes dos trabalhadores para negociar. Assembleia no dia 23/10, terça, às 13h, irá avaliar a situação e planejar a resposta dos trabalhadores. Em Brasília, ela acontecerá na portaria Sul do Venâncio 2000.

Em novo ofício protocolado nesta terça (16/10), os Sindicatos informaram a EBC que se não ocorrer uma reunião de negociação até o dia 22/10, as entidades darão início a um novo processo de mobilização da categoria para impedir que a empresa acabe com os direitos previstos no acordo. 

Em ofício, os Sindicatos convidaram a empresa para uma primeira reunião de negociação no dia 10 de setembro, mas infelizmente não tiveram nenhum retorno da EBC. Somente no dia 12 de setembro a direção da empresa respondeu o ofício informando que a pauta de reivindicações dos trabalhadores foi enviada ao Governo Federal/Ministério do Planejamento para análise e formulação da contraproposta da empresa e que os sindicatos seriam comunicados quando concluírem esta fase.

Os Sindicatos novamente notificaram a empresa no dia 13/9 ressaltando que o protelamento das reuniões não contribuía para o bom andamento da negociação. As entidades sindicais refizeram então uma nova proposta de reunião para o início das negociações do ACT no dia 21 de setembro. Novamente a direção da EBC ignorou a proposta dos sindicatos. Somente em 3 de outubro, as entidades receberam um comunicado da empresa informando que ainda não havia se reunido com o Governo Federal. 

Após o ofício, os diretores dos Sindicatos procuraram pessoalmente o novo diretor de Administração e Finanças da EBC, Márcio Kazuaki, questionando a falta de compromisso da empresa com seus trabalhadores. O diretor afirmou mais uma vez que aguardava o retorno do governo, mas que o início das negociações ocorreria em breve. Mas até agora os sindicatos não receberam nenhum retorno da empresa. 

Pauta de reivindicações

Os trabalhadores aprovaram uma proposta de reajuste do IPCA do período e mais as perdas salariais dos últimos anos de 5,95% nas cláusulas econômicas. Esse reajuste vale para os salários, piso, vale alimentação, auxílio creche, auxílio pessoa com deficiência e seguro de vida.

Na pauta, os trabalhadores ainda defendem um aumento do adicional noturno para 40% e para áreas especiais para 60%. A categoria ainda aprovou que transporte noturno para os empregados seja garantido a partir das 22 horas nos dias de semana e 18h nos finais de semana. A proposta ainda busca retomar direitos perdidos com a reforma trabalhista, como as horas in itinere, homologações nos sindicatos e verbas rescisórias.

As propostas de divisão das férias em até três períodos e de redução da intrajornada para até 30 minutos, ambas como escolha do trabalhador, também foram aprovadas. A assembleia também aprovou uma redução da jornada para quem faz 40 horas semanais para 35 horas, sem redução de salários e benefícios. Além disso, o fim do desconto do vale-transporte foi defendido.

Confira a pauta completa de reivindicações aprovada em assembleia em: http://bit.ly/actebc18

Sindicato dos Jornalistas do DF, RIO e SP

Sindicato dos Radialistas do DF, RJ e SP

Vamos conversar sobre assédio sexual no trabalho? Nesta quinta-feira, 28, o Coletivo de Mulheres Jornalistas do DF… https://t.co/a3rSXOfqLl
3hreplyretweetfavorite
O TRT concedeu tutela antecipada de urgência obrigando a empresa pública de efetuar o desconto das mensalidades aut… https://t.co/LkbUjskz6m

Receber notícias

Acesse o Site