bannertopsindicalizacao

Notícias
Publicado em Terça, 01 Janeiro 2019 14:40
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

O Sindicato dos Jornalistas Profissionais do Distrito Federal exige das autoridades responsáveis pela relação com a imprensa durante a posse presidencial uma mudança imediata no tratamento que está sendo dado aos jornalistas.

Desde o começo da manhã, o Sindicato recebe denúncias em relação ao desrespeito e abuso contra os jornalistas que estão trabalhando na posse. Os profissionais estão tendo que aguardar desde 7hs em locais isolados para registrarem a posse que começa às 15hs, com restrição de locomoção e alimentação.

Desde o começo do dia, jornalistas que estão no Congresso e no Itamaraty reclamam de proibição de acesso aos banheiros e fornecimento de água, já que foi proibido que os jornalistas levassem garrafas de água para os locais. Houve até ameaças de tiro caso os trabalhadores deixassem a área reservada para imprensa. Alguns jornalistas estrangeiros já solicitaram suas respectivas saídas do Itamaraty devido ao tratamento desumano a que foram submetidos.

Isso é inaceitável e não há qualquer justificativa de segurança que dê sentido a esse tratamento. Enquanto isso, alguns veículos alinhados ao novo governo recebem credenciais com livre acesso às cerimônias de posse, mostrando um favorecimento impensável em uma democracia.

Importante reforçar que a forma como está sendo tratada a imprensa já revela como a liberdade de expressão será encarada pelo novo governo e tal fato obriga os sindicatos de jornalistas de todos o país a agirem de forma incisiva em defesa da categoria que assegura a livre circulação de ideias.

A democracia e a sociedade brasileira não aceitam qualquer tipo de cerceamento à liberdade de imprensa e aguardamos uma mudança de postura por parte do governo Jair Bolsonaro desde já.

Reforçamos o telefone de plantão do sindicato (61 9997-94181) para novas denúncias e reiteramos que vamos dar encaminhamento às cobranças de condições adequadas aos profissionais.

O TRT concedeu tutela antecipada de urgência obrigando a empresa pública de efetuar o desconto das mensalidades aut… https://t.co/LkbUjskz6m
Ajude a Fenaj a manter a sua sede. Participe! https://t.co/K6UnAqzrow

Receber notícias

Acesse o Site