bannertopsindicalizacao

Notícias
Publicado em Segunda, 10 Junho 2019 12:05
PLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMITPLG_ITPSOCIALBUTTONS_SUBMIT

Nesta terça-feira (11), os trabalhadores da Empresa Brasil de Comunicação se reúnem para discutir a greve geral contra reforma da previdência. A assembleia será realizada em Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo de forma unificada com jornalistas e radialistas. Em Brasília, a assembleia será às 13 horas na escadaria sul do Venâncio 2000.

A assembleia também abordará as tratativas e mobilizações em relação ao Acordo Coletivo da EBC e também uma discussão sobre a proposta da empresa para um novo plano de carreiras.

Em assembleia realizada no dia 1/6, os jornalistas de Brasília também aderiram a greve geral, dando garantia legal para que os jornalistas possam aderir ao movimento nacional.

Reforma da Previdência

A proposta de reforma da previdência apresentada pelo presidente de extrema direita Jair Bolsonaro vai afetar todos os trabalhadores, em especial aqueles que trabalham em condições precarizadas, como os jornalistas. Os baixos salários - em comparação a outros trabalhadores de nível superior -, os contratos irregulares, a 'pejotização' e a alta rotatividade do mercado de trabalho se tornam ainda mais nefastos quando somados aos ataques previstos na PEC 6/2019, que deixará ainda mais difícil o acesso à aposentadoria.

Na EBC, a reforma pode representar ameaça de demissão sem quaisquer direitos para os empregados que já se aposentaram, em mais uma ação de desmonte da empresa pública.

Saiba mais como a proposta da reforma da previdência impacta na vida do jornalista: http://bit.ly/previdenciajor

 

O @SJPDF repudia os ataques de Sérgio Moro à liberdade de expressão e de imprensa. Polícia Federal pediu ao Coaf um… https://t.co/vlACfN326n
A direção da emissora informou que irá fechar as portas no dia 30/6. Os Sindicatos notificaram a empresa solicitand… https://t.co/Gasu9TGFcj

Receber notícias

Acesse o Site